sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

ANO NOVO

Esse ano está terminando,
Muita coisa ainda está por vir
Outro ano novinho está chegando
E deste vou me despedir.

Tudo o que passei vai ficar nas minhas lembranças
O passado não se pode mudar
Sigo minha vida nas andanças
Porque agora só me resta esperar.

Esperar por outros tempos e dias
Continuar buscando a paz pra viver
Não quero que me impeçam de ser feliz
Poesia nova poder sempre escrever

Versos do jeito que eu quis
Me trazendo sinceras alegrias.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

BOA O BASTANTE

Não posso te negar nada
Pois meu coração não deixa
Apesar das torturas
E decadência.
Choro de tristeza
Choro de raiva
Choro de saudade
Daquilo que somos juntos.
Gostaria de ver
Que sou boa o bastante pra você
Em cada pobre ação
Do meu dia-dia monótono...
Você é o que não me deixa desistir
Apesar da minha grande dúvida,
Envolta no feitiço de seus olhos...
Te escuto me chamando,
Te sinto me observando,
Me machucando ou escutando
O tormento.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

TORTURA II

Amor, me dói tanto
Que não acredite em minhas promessas
É uma tortura pensar
Em te perder
Pode ser que o homem
Não viva só de pão,
Ou que não viva das minhas desculpas,
Mas se depender de mim vou mudar
E não haverá adeus entre nós.
Não se acanhe, baixe a guarda
Ouça minha "neguinha", não se vá
Tem o meu amor a semana inteira
Mas me deixe o sábado pra descansar
Linda, não me castigue mais
Lá fora sem você não tenho paz
Sou um homem arrependido
Uma ave que volta ao seu ninho.
Nunca fui santo, mas estou cheio de solidão...
Tudo o que eu fiz por você
Foi complicado aguentar, tortura
Não pode mais ser assim
Se vai embora chorando,
Não vou chorar por você
Mas não vou desistir de nós dois!

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

TORTURA I

Meu amorzinho
Te dou minha poesia
E por favor, guarde minha alegria.
Não importa se alguns dias são nublados
Ou se algumas sextas não têm festa
Apenas peço o seu perdão,
Acredite, meu choro é sincero
E ninguém mais passa pela minha mente.
Me dói muito
Que tenha fugido sem dizer onde ia
É uma tortura te perder
Nunca fui um santo
Mas posso melhorar, amor
Aceite minhas desculpas
Porque só com o erros se aprende
E seu coração sempre foi meu!
Não quero dizer adeus
Ou largar o que você diz ser o "osso"
Pra qualquer cachorro.
O inverno sempre molesta as rosas
As macieiras nunca poderão dar pêras
O eterno não pertence aos mortais
E não se podem dar pérolas aos porcos,
Mas não vou desistir.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

EU AMO

Eu amo teus cabelos
Por reluzirem os raios de sol
Eu amo teus olhos
Por terem a cor do céu mais bonito
Eu amo teu sorriso
Por me transmitir calma e paz
Eu amo nossas conversas simples
Por me fazerem esquecer a tristeza
Eu amo teu silêncio
Por me entender e ouvir quando estou confusa
Eu amo tua companhia
Por aplacar meus momentos de solidão
Eu amo tuas virtudes
Por me conquistarem devagarzinho
Eu amo teus defeitos
Por te fazerem único e especial
Eu amo tua amizade
Por ser o que eu mais precisava.

domingo, 19 de dezembro de 2010

BUSCA

Busco a palavra
Mais bonita do mundo
Que possa expressar um pouco
Do meu grande amor por você.
Nenhuma palavra
É o bastante para o que
Você significa pra mim,
Mas quero sempre te dedicar
O melhor de mim a cada dia,
E a minha poesia mais sincera
Vinda do meu coração.
Busco o melhor caminho
Para alcançar meus sonhos
Onde existe um mundo muito melhor,
Busco a verdade da vida,
Busco o verdadeiro amor,
Busco a paz.

sábado, 18 de dezembro de 2010

CONTINUE

Continue respirando.
Continue vivendo.
Continue tentando.
Continue amando.
Continue sorrindo.
Continue sendo o que você é!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

TE ADORAR

    É muito bonito
    A cada madrugada depois do amor
    Ouvir de cansaço teu suspiro
    Enquanto adormece a minha flor.
    Fico acordado durante a noite, a descansar
    Só pra te ver dormindo
    Em silêncio te adorar
    Olhar o teu corpo pleno me seduzindo.
    Logo sou tomado por Morfeu
    Quando deitas nua em meu peito a ouvir meu coração
    Meu desejo é ser apenas teu
    Tua vida, teu amor, tua paixão.
    Minha linda menina
    Se tornou uma mulher
    Atraente, feminina
    Que sabe bem o que quer.
    Quando amanhece, juntos acordamos
    Plenos de amor e carinho
    Em desejo nossos corpos colamos
    Permanecendo em nosso ninho.

    quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

    MENINA MULHER

    Sou uma mistura
    De várias em uma só
    Muitas coisas,
    Mas nenhuma que você conheça.
    Tenho sonhos de uma menina
    E desejos de uma mulher!
    Ando por vários caminhos
    Que me levam a lados obscuros
    Me revelando o que sou de verdade;
    A menina tem medo
    A mulher arrisca
    A menina gosta
    A mulher deseja
    A menina cai
    A mulher levanta
    Menina mulher
    Sou fera, sou anjo
    Mas não sou santa.

    segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

    SERÁ QUE É AMOR?

    vSempre me pergunto
    Se o que sinto por você
    É amor, amizade, carinho
    Ou apenas desejo carnal.
    Tenho muito medo de me sentir
    Assim, apesar de ser algo bom
    Pode nos iludir, ferir
    E separar.
    Você não sai da minha cabeça
    Mora em meus mais estranhos sonhos
    Tendo grande espaço dentro
    Do meu pobre coração.
    Tem sido meu anjo da guarda
    Minha fonte de poesia
    Teus olhos claros me encantam
    Enquanto às vezes meu coração
    Dispara e lhe chama...
    Será que é amor?
    Eu não sei, mas preciso de
    Tua ajuda para tentar descobrir
    O que se passa comigo.
    Se for, o que posso fazer?
    Posso estar sentindo algo que achei
    Que já não seria capaz,
    Mas não quero te perder
    Ou esquecer.

    domingo, 12 de dezembro de 2010

    NÃO ADIANTOU

    De nada adiantou
    Repetir o que passou
    Não tem nada que eu
    Possa fazer.
    Esquece, vem dançar comigo
    A nossa canção
    No ritmo de cada coração...
    Os passos da vida
    Que nos uniu
    Nos fazem bailar plenos de amor
    Entre nossos beijos e segredos
    Deixemos nos embalar
    Em cada nota simples
    Cheias de intimidade.

    sábado, 11 de dezembro de 2010

    TRISTEZA

    Por que perguntas
    Se estou chorando?
    Só quero chorar
    E nada mais,
    Não preciso de motivos.
    Deve ser só tristeza,
    Algo que não consigo explicar
    Mas posso sentir
    Com muita clareza
    Todos os dias.
    Apenas preciso de um colo
    Que não me julgue
    Onde eu possa chorar
    Ter consolo e proteção
    Para tentar diminuir
    Minha tristeza tão profunda...
    A noite faz nascer minha poesia
    E minhas lágrimas doloridas
    No lado obscuro da vida
    Que é muito difícil de se viver.

    quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

    AGORA

    Agora
    É o que eu quero viver
    Aproveitar os segundos
    Ao teu lado
    E esquecer o que já passou
    Isso faz bem
    Ao meu coração.
    Posso fazer meus dias melhores
    Quando puder apenas
    Esperar pelo futuro,
    Dando uma nova chance
    A cada dia
    Sem perder a esperança...
    Você
    É o meu agora
    E quero que seja
    O meu futuro.

    quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

    CONSISTÊNCIA

    Pode rir de mim
    O quanto quiser
    Pode me medir
    De todos os ângulos,
    Não me incomodo.
    Não tenho medo do porvir
    Só me resta partir
    Sem rumo certo
    Consistir no que quero
    E nada mais.

    terça-feira, 7 de dezembro de 2010

    NÃO FAZ SENTIDO

    Os dias passam
    Não tenho o que fazer
    E faz tempo que não te vejo.
    Não acredito que você esteja bem
    Longe de mim,
    As coisas não precisam ser assim...
    O que aconteceu
    Com nosso lindo amor
    Que segundo você foi um erro?
    O tempo nos apagou
    E não foi bom viver,
    Mas sei que seu coração cruel
    Ainda me ama
    E que no final do caminho vai perceber
    Que já não posso esquecer
    Não faz sentido nosso amor acabar,
    Ou te arrancar de mim.

    domingo, 5 de dezembro de 2010

    TEUS OLHOS

    Nem que eu percorra
    Cada canto deste planeta
    Encontrarei olhos como os teus,
    Tão azuis e serenos.
    Os deuses colocaram
    Um pedaço do céu em teus olhos
    Em tua voz lambuzaram com carinho
    A doçura do mel fresco
    Nos cabelos
    Jogaram raios de sol
    E no sorriso
    A brancura das nuvens
    Onde os anjos moram.
    Na pele clara
    O cheiro dos campos
    Na presença ao meu lado
    Tranquilidade e timidez.

    sábado, 27 de novembro de 2010

    ONDE VOCÊ FOR

    Quem poderá ocupar
    O meu lugar
    Te dando muito amor
    Quando eu me for?
    Você poderia viver
    Sozinha, sem ter
    Alguém para as sombras iluminar,
    Poderia se virar
    Entre pedras e areia
    Depois da queda da onda?
    Eu vou com você
    Onde você for
    No céu ou inferno...
    Ainda vou voltar
    Pra te cuidar
    Os teus dias negros guiar
    E se uma onda grande cair
    Tomara que exista alguém
    Que me devolva pra você.
    Fuja daqui
    Com tudo de mim
    Meu coração, esperança e amor
    Pois eles vão continuar com você
    E eu na sua mente
    Eu poderia te fazer minha
    Se voltasse no tempo.

    sexta-feira, 26 de novembro de 2010

    GENIAL

    A dor e a tristeza
    Mostram a beleza da vida,
    O seu lado mais humano.
    Não me é possível
    Ser genial o tempo todo
    Mas ambas me mostram
    A todos como eu sou.
    É por meio da minha tristeza
    Que percebo que ainda estou aqui
    Viva
    Transformada em poesia.

    quinta-feira, 25 de novembro de 2010

    SÓ QUERO CHORAR

    Meu anjo
    Não faça perguntas
    Eu só quero chorar
    Protegida no teu abraço.
    Está sendo muito difícil
    Enfrentar tudo o que acontece comigo
    Me ajuda
    A ser quem eu realmente sou
    A me achar no meio de
    Tanta mentira...
    Me diz aquelas coisas serenas
    Que só tu sabes
    E fica aqui comigo
    Pois estou sozinha.
    Conforta meu coração
    Com teu jeito carinhoso
    Sejas meu amigo, companheiro, confidente
    E guarde esse segredo
    E sejas só meu aqui... amigo
    É de você que eu preciso
    Mas não me pergunte
    O que tenho
    Porque nem mesmo eu sei
    Só o que sei é que
    Te adoro muito,
    Tu também gostas de mim
    Só isso importa.

    quarta-feira, 24 de novembro de 2010

    POBRE DE MIM

    Por que estou assim...
    Pobre de mim!
    Não me olhe desse jeito
    Nos iludir é a última coisa
    Que eu quero.
    Meu amigo, meu querido
    Pobre do meu coração.
    Você muitas vezes faz
    Ele disparar, me sinto sem jeito
    Mas protegida de qualquer um.
    Eu juro que faço qualquer coisa
    Pra não te perder nem me apaixonar,
    Não sei se é o sorriso bobo
    Ou o jeito implicante, porém doce
    Que me faz sentir essas coisas
    Tão boas e ao mesmo tempo
    Tão estranhas.
    Porém pouco importa
    O que mais vale é o que temos
    E espero que nunca acabe.

    terça-feira, 23 de novembro de 2010

    DESEJO II

    A cada madrugada
    Em meu quarto sou livre
    Para pensar em mim
    Em ti, em nós dois
    Daquele jeito diferente.
    Expresso o desejo que tem me consumido
    De ser tua para sempre
    Minhas mãos coçam
    Pra poder te tocar
    Meus braços anseiam
    Por te tomar.
    Meus olhos decoram teus movimentos
    Até que teu sorriso me derreta
    Com uma simples palavra.
    Minha boca deseja
    Uma vez te beijar
    Que cada deus nos proteja
    Do que temos acabar.
    Me diz o que eu posso fazer
    Pra esse desejo controlar
    Não vou suportar se te perder
    Se por causa disso eu errar.

    segunda-feira, 22 de novembro de 2010

    DESEJO I

    A parte de mim
    Que eu mais odeio
    Teve aceso o estopim
    Do desejo derradeiro.
    Esse desejo
    Nasceu com aquela paixão
    De ter de ti um beijo
    Que desperte a minha emoção.
    O que posso fazer
    Se de você eu gosto
    Os olhos claros não consigo esquecer
    E me conforta ver seu rosto?
    Esse meu lado obscuro
    Revela o que pra esconder eu luto
    Porém meu amor é puro
    Complexo e astuto.

    domingo, 21 de novembro de 2010

    SORRISO SEDUTOR

    Eu sempre digo e repito
    Você é muito bonito
    Isso não posso negar
    Gostaria de contigo ter um tempo pra conversar.
    É um belo moreno
    Tem o semblante sereno
    Você faz o meu tipo
    Lhe acho muito bonito
    Mesmo que alguém não concorde
    Sempre nas horas que eu acorde
    Penso em ti com muito carinho
    E talvez no nosso caminho
    Possa nascer uma bela amizade
    Seria ótimo se fosses meu amigo
    Você é um cara legal
    É especial
    Sei que de mim você vai lembrar
    E talvez uma amizade engatar
    Gostei muito de te conhecer
    Espero outras vezes te ver
    Não posso negar
    Tem um sorriso sedutor
    Defende suas ideias com fervor
    Espero que grandes amigos possamos virar
    Acho que disso tu vais gostar!

    quinta-feira, 18 de novembro de 2010

    INSANIDADE

    Você acabou com o resto
    De sanidade que eu tinha.
    Não posso dizer que estou
    Apaixonada por você, porque
    Ainda não cheguei a essa conclusão.
    Mas eu sei que pra você
    Isso não faz muta diferença...
    Desde aquele dia, tenho escrito bobagens,
    Falado bobagens...
    Nada tem me interessado muito
    Porque você não sai da minha cabeça!
    Tua doçura mexe muito comigo,
    Por isso tenho muito medo
    Mas é a primeira vez
    Que eu dou a cara pra bater,
    Porque tenho que aprender a usar
    Mais a cabeça para que meu coração
    Não me iluda mais!
    Já que meu sonhos
    Me fzeram chorar
    E a realidade com tua presença
    Me faz sorrir.

    quarta-feira, 17 de novembro de 2010

    ESQUECER

    Não vou esquecer
    Não consigo esquecer
    Não posso esquecer
    Não quero esquecer
    Nunca...
    De cada momento simples
    Que vivi ao seu lado
    De cada silêncio esperado
    Cada gesto sem pedir nada em troca.
    Não vou esquecer jamais
    A parte bonita da minha vida
    Que foi te conhecer
    E ter-te assim, ao meu lado.
    Não vou esquecer o silêncio
    Que sempre me entendeu e acalmou
    Em cada lamúria ou poesia
    Vai estar em cada lembrança
    De solidão, cada instante
    E enquanto eu não puder te ver,
    Só vai restar em mim
    Lembranças, saudade e solidão.

    terça-feira, 16 de novembro de 2010

    Believe

    Bielive in the people
    Bielive in a better world
    Believe in my love
    Believe in the verses
    Believe in your soul
    Believe in our kisses
    And in the soft hugs.
    Believe in my feeling
    In my loneliness
    Cause I keep bleeding
    And thoughtless in the darkness.
    Believe that I'm sad
    Without you here
    I didn't want to be bad
    Is difficult out there!
    Believe in everything
    Believe in our dreams
    Even you don't know what it means
    I am missing
    Us.

    segunda-feira, 15 de novembro de 2010

    ME PERDOE

    Me perdoe, anjo
    Se no passado confessei
    Uma simples paixão.
    Que não passava de atração
    Quando quis talvez te conquistar
    Antes de perceber meu engano
    Te assustei, por isso te peço perdão.
    Me perdoe
    Se eu dissealgo que te entristeceu
    Agora já conheço teu coração
    E só o que me preenche é o medo
    De que algo nos afaste
    Me perdoe
    Eu não suportaria te perder
    Por isso te quero muito
    Te quero assim, na paz
    De tê-lo ao meu lado
    Talvez pra sempre
    Se esse for o destino.

    domingo, 14 de novembro de 2010

    HOMEM

    Eu quero te amar
    Me abrigue em teus braços
    Onde eu posso ser
    Tudo aquilo que eu quiser.
    Homem
    Morro de saudades
    Dos olhos de céu e do sorriso de paz
    A vida que eu sempre quis
    Se resume a te amar
    E nunca te esquecer...
    Homem
    Cuida de mim
    Não quero chorar, só quero estar aqui
    Homem que me faz sorrir
    E me mostrou a felicidade verdadeira!
    Homem
    Amor da minha vida, meu sonho tão bonito
    Aquele a quem me dedico
    Sem ter medo de nada ou ninguém,
    Por quem eu choro,
    Falo
    Rimo
    E nunca me escondo.

    sábado, 13 de novembro de 2010

    MORENO

    Moreno
    Pra mim é lindo
    Tem o semblante sereno
    Por onde você vai indo?
    É muito alegre, tem um belo sorriso
    Não é indeciso
    Tem um olhar sedutor
    Tem cara de ator
    É muito lindo
    Às vezes me pego por isso sorrindo.
    Mas não se engane
    Por favor, se acalme
    Só quero ser tua amiga
    Estou fazendo figa
    Pra um dia podermos conversar
    E até amigos virar!
    Sei que vais gostar
    De me conhecer melhor

    sábado, 6 de novembro de 2010

    SACRIFÍCIO

    Você...
    Ama me odiar
    Tem medo na mente
    Vive pra tentar me destruir
    Tão doce
    Sacrifício de fingir
    O que quero confessar.
    Eu não posso sobreviver aos meus erros
    Durmo na escuridão
    Na esperança de talvez morrer,
    Minha dor perdida
    Onde um dia você se afogará.

    sexta-feira, 5 de novembro de 2010

    DÉJÀ VU, OU NÃO

    Não há chuva
    Que lave minhas lágrimas
    Não há palavra
    Que me convença
    Não há lei
    Que me desvie da sociedade robótica
    Não há verdade
    Que me derrube.
    Não há tédio
    Que acabe
    Não há vontades
    Sanadas
    Não há paixão
    Que não me arrebate.
    Não há mais nada
    Que me faça te esquecer
    Aqui.

    quinta-feira, 4 de novembro de 2010

    REFLEXOS


    O que eu vejo no espelho é apenas um reflexo
    Pois a minha vida é algo muito mais complexo
    Vivo em volta de muitas verdades e mentiras
    Palavras perdidas
    Hoje, as pessoas não são o que são
    Não revelam o que está em seu coração
    O reflexo é apenas uma parte
    Pode até ser que viver seja uma arte
    Reconheço e aceito meus defeitos
    Sei que jamais os homens serão perfeitos.

    terça-feira, 2 de novembro de 2010

    EM PARTE

    Parte de mim
    Deseja um beijo teu
    Parte de mim
    Fica satisfeita com o que temos.
    Parte de mim
    Sente aquele amor que te confessei
    Parte de mim
    Tenta esconder o amor que eu nunca tive.
    Parte de mim
    Te quer sempre por perto
    Parte de mim
    Não suporta lembrar teus defeitos.
    Parte de mim
    Deseja que sejas feliz com quem for
    Parte de mim
    É tomada pelo estranho ciúme sem temer.
    Parte de mim
    Aproveita cada segundo a teu lado
    Parte de mim
    Tem medo de que esse tempo acabe.
    Parte de mim
    Te aceita, te quer bem
    Parte de mim
    Te deseja.

    domingo, 31 de outubro de 2010

    SEMENTE

    A semente que brota
    De cada ação generosa
    Colhe ternos frutos
    De uma paz esperada.
    A semente que brota
    De um sorriso espontâneo
    Não tem preço,
    Vale como um diamante
    Bruto de alegria.
    A semente que brota
    De uma palavra de carinho
    Torna fértil a terra
    De nossa calma
    Colocação.

    sábado, 30 de outubro de 2010

    MEDO III

    Medo que entristece
    Medo que paralisa
    Medo que consome
    Medo que enlouquece
    Medo que mata
    Medo que sufoca
    Medo que eu saboreio
    Medo que eu temo
    Medo que faz tremer
    Medo que manipula
    Medo que muda
    Medo que luta
    Medo que corre
    Medo que te pega
    Medo que contagia
    Medo que grita
    Medo que ri de mim
    Medo que machuca
    Medo que chora
    Medo que ama
    Medo que odeia
    Medo que perde
    Medo que ganha.

    quinta-feira, 28 de outubro de 2010

    MEDO II

    eus muitos medos
    Latentes pela face
    São tão compreensivos...
    Eu os esperei toda uma vida
    Teu medo de me machucar,
    Tanto por fora como no meu coração,
    Medo de que eu caia,
    Porém se acontecer sei que tu
    Vais me dar a mão;
    Tens medo que não me sinta
    Bem onde estou,
    Ou mesmo que me digam
    Algo que me entristeça.
    Isso me prova
    Que teu coração é grande
    Puro e compreensivo
    Escuta as minhas confissões e medos
    Quando abro meu coração;
    Talvez tenhas medo
    De que eu confunda as coisas de novo
    Porém eu te respeito
    E tua amizade é o mais importante.

    quarta-feira, 27 de outubro de 2010

    MEDO I

    Temo por ti
    Temo por mim
    Temo por nós dois
    Temo tanto porque te amo,
    Medo, todo mundo tem algum
    Por mais idiota que pareça...
    Temo não ver teus olhos
    Temo não ouvir a suavidade da tua voz
    Temo não admirar teu sorriso
    Temo já não sentir o delicado toque
    Ou mesmo a tímida proteção.
    Temo perder o fio dos versos
    Que bordam o tecido das estrofes,
    Os lindos vestidos da poesia.
    Temo a dor que não passa
    A solidão que não vai embora
    Apesar de toda a efemeridade
    De quinze anos que vivi sem ti
    Na distração da espera
    Que parecia eterna.
    Não preciso provar mais nada
    Porque já provei o mais importante
    A mim mesma
    Com tua singela ajuda!

    terça-feira, 26 de outubro de 2010

    O SILÊNCIO DAS PALAVRAS

    Antes do nascer de meus versos
    Minhas palavras surgem
    Da contemplação de silêncios.
    Convivo com a poesia
    Que há em cada silêncio
    Cada situação humana da vida
    Experimentada e sentida.
    Para que só assim
    Eu possa preenchê-la com palavras.
    Muitas vezes
    Me lembro de tantas coisas não ditas
    Que ainda são apenas silêncio,
    Palavras tantas
    Que nem o silêncio consegue
    Transformar em poesia plena...
    A beleza das tristezas
    A intriga da morte
    A simplicidade do amor
    A luz de um sorriso
    O conforto de um abraço.

    segunda-feira, 25 de outubro de 2010

    ÁRCADE

    O amor que te dedico
    Devoto e nunca esqueço
    É árcade, tranquilo
    Natural e bucólico.
    Ter nosso filho nos braços
    Certeza de realizar um lindo sonho
    Onde posso reconhecer o colorido do olhar
    As bonitas covinhas da boca
    E o sorriso inocente do pai.
    Meu bem mais precioso na vida!
    Preciso muito da tranquilidade
    Que só tenho em teus braços, ou nossa casa
    Contemplativos de todo o natural à nossa volta
    A vida ideal,
    Sem sobressaltos, sem qualquer interferência
    Um amor profundo, suave
    Reservado a nós dois
    Com o perfume das florzinhas
    Que crescem em nossa varanda.

    domingo, 24 de outubro de 2010

    AOS 15

    Tenho quinze anos.
    O tempo passou tão rápido
    Que tenho sentido muita saudade
    De um época recente,
    A de criança,
    Onde eu não era tão triste
    Não conhecia as mazelas da vida
    Tinha amigas que cresciam comigo.
    Hoje todas nós crescemos
    Tivemos um choque de realidade...
    Perdemos muito
    Mas também ganhamos muitas coisas.
    Perdi a inocência
    Conheci todas as faces do amor
    Perdi as antigas histórias
    Ganhei a escrita catártica e a poesia.
    Perdi a crença de estaticismo da vida
    Ganhei a luta eterna pelos sonhos
    Perdi o que julgava importante
    Ganhei teu carinho como recompensa.
    Perdi a cegueira e a hipocrisia
    Ganhei um coração
    Aos 15 anos.

    sábado, 23 de outubro de 2010

    SEGREDO DO CORAÇÃO

    Somente você
    Conhece o verdadeiro segredo
    Do meu pobre coração
    Mesmo sem fazer ideia disso.
    Sabes como chegar
    Onde mais me dói, onde moram minhas tristezas
    Com a chave da simplicidade
    Curas as feridas que a vida
    Me deixou
    Num sorriso doce, ou
    Palavras de carinho...
    Tu me instigas a confessar
    Minhas fraquezas,
    E guardar tudo como segredo
    Pra que eu fique bem.
    Nas tuas mãos
    A chave do cadeado
    Que abre a minha alma.

    domingo, 17 de outubro de 2010

    INDECISÃO

    Hoje já não sei
    O que sinto por você...
    A maioria diz que é amor,
    Mas eu afirmo ser
    Um amor muito puro e diferente.
    E agora?
    Acho que estou dividida,
    Porque fico satisfeita com sua amizade
    Que pra mim é o mais importante
    Mas segundo outras pessoas
    Meu olhar me contradiz,
    Especialmente quando estamos juntos.
    Tenho medo de me iludir
    E te machucar também,
    Pois tu és muito importante pra mim.
    O que eu faço
    Se meu carinho por ti
    Não me impede de pensar num outro amor
    E permaneces em meus sonhos?
    "O medo de te perder
    Me machuca tanto..."

    sábado, 16 de outubro de 2010

    PINTURA

    Quero pintar um quadro
    Sobre nós dois,
    Algo que fale do nosso amor
    Mais uma vez pensando em você.
    Não tenho tinta
    Então vou pintá-lo com meu sangue
    Onde está cada parte de ti.
    Por todos os momentos
    Que passamos
    Cada palavra dita
    Minha vida
    Parte bonita da história
    Meu sangue
    Grande amor pra sempre
    Nada vai destruir.

    sexta-feira, 15 de outubro de 2010

    O TEMPO QUE PASSA

    A soldão está aqui
    O violão me acompanha
    Enquanto fumo um cigarro
    Sem saber do tempo lá fora.
    O livro que li ontem fala do tempo
    Que passa, e tenho medo ainda
    De tirarem meu lugar no teu coração.
    Não importa com quem estejas,
    Jamais esqueças do que de fato
    Significas em minha vida,
    Até porque nada vai mudar...
    O tempo voa
    Me lembro do teu sorriso
    E das palavras doces e tranquilas
    Que já ouvi de você,
    Não tem nada mais gratificante!
    Sem direção
    Querendo me encontrar em cada esquina
    Último suspiro de inverno.

    terça-feira, 12 de outubro de 2010

    MASMORRA

    Masmorra sem saída
    Casa de ódio e tristeza
    Antítese, sem saúde
    E não há fuga possível.
    Vida de mediocridade
    Livros com páginas em branco
    Na escuridão eterna
    De não saber onde estou
    Ou mesmo quem sou
    Solitária.
    Voltei a uma casa
    Onde as lembranças me preencheram
    Em cada detalhe,
    Sentindo seu abraço,
    Mesmo que não estejas aqui...
    Não sou eu mesma esta noite
    Não sei se poderei voltar a ser
    O que todos dizem que sou.

    segunda-feira, 11 de outubro de 2010

    AREIA


    Se meu amor pudesse
    Ser expresso
    Por cada grão de areia,
    Um deserto jamais
    Seria suficiente.
    Na areia
    Escrevo teu nome
    Enquanto o vento
    Me traz teu perfume...
    O mar me abraça
    Te espero para estar aqui comigo
    E a lua se vê tão bonita
    Quanto nós dois.

    sábado, 9 de outubro de 2010

    QUERO FUGIR

    Estou tão triste aqui...
    Sinto a sua falta
    Tenho vontade de fugir
    Na solidão meu coração se exalta.
    Quero fugir pra um lugar
    Onde minhas lágrimas e dores fiquem adormecidas
    Em que você não tenha medo de me abraçar
    Curando minhas velhas feridas.
    Mais um dia em minha vida
    Amanhece à tua espera
    Longe de ti me sinto perdida
    O tempo passa e minha alegria leva.
    Dá-me uma palavra, um sorriso
    Um silêncio ou apenas um olhar
    É apenas o que eu preciso
    Como pedaço pra me completar.
    Me afasta dessa hipocrisia
    Eu preciso da tua paz comigo
    Pretendo sempre lutar com porfia
    Para poder lhe dar ainda meu amor de amigo.
    Quero fugir
    Quero esquecer
    Não suportaria nos ver sucumbir
    A isso talvez eu preferia morrer.

    quinta-feira, 7 de outubro de 2010

    AQUI

    Aqui
    Onde nada é o que parece
    O tempo nunca me esquece
    E muitas lágrimas ainda vão cair.
    Aqui
    Onde o espelho já não me reflete
    O pior dia sempre se repete
    Não tenho pra onde fugir.
    Aqui
    Onde as flores não desabrocham
    Papéis em fogo se desmancham
    Não tenho como impedir.
    Aqui
    Onde está calor e continua chovendo
    Meu coração sofrendo
    Não tenho motivo pra sorrir.
    Aqui
    Onde não sou nada sem você
    E me consome o medo de te perder
    Somente me resta dormir.
    Aqui
    Onde a vida me deixou acabada
    A tua carta foi rasgada
    Meu anjo, vem de noite me cobrir.

    quarta-feira, 6 de outubro de 2010

    UM SEGUNDO

    Não acredito
    Que por um simples segundo
    Parecido com a eternidade
    Eu estive em teus braços,
    Completamente segura
    Do que posso ser ao teu lado.
    Uma sensação única,
    Confortavelmente estranha
    Que ainda vai se repetir muitas vezes
    Se os deuses me pemitirem
    Essa certeza de que nada mudou...
    Num desses lindos instantes
    Talvez eu possa roubar o que
    Sempre foi meu, e que finges não
    Desejar me oferecer.
    Te conheço,
    Tua face de anjo não me engana
    Teus olhos claros não te escondem de mim
    Ainda terei teu abraço
    Sem precisar esconder
    Posíveis lágrimas.

    terça-feira, 28 de setembro de 2010

    A VOZ DO POVO

    Imagine um coração
    Aberto e livre...
    Imagine uma fé
    Que todos teriam em si mesmos
    Onde não haveria guerra
    E a voz do povo
    Soaria em todos os cantos
    Entendida em qualquer idioma...
    Imagine um mundo
    De reis e rainhas
    Na promessa de amor

    Entre todas as pessoas...
    Não importa quantas vezes
    Você precise lutar pela verdade
    Entre no olho do furacão
    Faça valer o que a voz do povo diz...
    Deixe a vida florescer em seu coração
    Nas teclas do piano
    Ou cordas do violão
    Pois um dia vamos nos reencontrar...
    Não deixe o sonho morrer
    Encontre seu destino
    Busque honestamente a glória,
    Não lamente,
    Não esqueça,
    Viva sua vida!Você precise lutar pela verdad

    sexta-feira, 24 de setembro de 2010

    DISTANTE

    Meu anjo,
    É muito estranho...
    Você está tão distante de mim!
    Ignorar não é a palavra certa
    Mas tenho medo de que esse teu silêncio
    Te afaste de vez de mim
    E eu sofra como da outra vez,
    Que acho que pude perdoar em meu interior.
    Talvez não haja nada que eu possa fazer
    Por enquanto,
    Por isso vou rezar bastante e esperar
    Um sinal teu,
    Uma prova de que nada mudou
    Mesmo com a promessa não cumprida
    Que ainda tanto anseio, até porque
    Tenho medo de que
    Já não sejas aquele que gosto tanto
    E que não tenhas entendido minhas palavras.
    Estou começando a sentir falta
    De nossos silêncios ou poucas palavras
    Os simples olhares trocados
    E quando pegas na minha mão.
    Pequenos gestos...
    Sei que ainda és meu amigo
    Que ainda existe algo que nos conecta
    E se tu estás mesmo no meu destino
    Os deuses vão me avisar
    E eu te terei de certa forma de volta.

    quinta-feira, 23 de setembro de 2010

    AVENIDA DOS SONHOS QUEBRADOS

    Caminho sozinho por entre as ruas
    Onde se quebram meus sonhos
    De um setembro que não termina
    Mas a primavera surge.
    A cidade dorme
    Porém não posso lhes impedir
    De estar onde não estou
    Mesmo que talvez este andar seja solitário
    E inutilmente prazeroso.
    A minha sombra me acompanha
    E meu coração bate tristemente
    Espero encontrar alguém
    Mesmo não sabendo quem poderia ser
    Não sei onde a rua me leva
    Continuo andando sozinho...

    terça-feira, 21 de setembro de 2010

    SE TU FOSSES MEU


    Se tu fosses meu
    Eu te levaria aos mais lindos lugares
    Conhecerias comigo cada estrela do céu
    E leve poderias voar pelos ares.

    Se tu fosses meu
    Não terias nada a temer
    Pois eu seria o ser mais fiel
    O passado te ajudaria a esquecer.

    Se tu fosses meu
    Eu saberia o que é felicidade
    Provando do teu beijo
    O que imagino ser um doce mel
    Os velhos sonhos se transformam em realidade.

    Se tu fosses meu
    Te daria todo o carinho
    Descansarias nos braços de Morfeu
    Mas não acordarias sozinho.

    segunda-feira, 20 de setembro de 2010

    MORAL


    "Chega de música sem moral,
    Chega de palhaçada musical!"
    Quero uma letra
    Que seja como poesia
    Trazendo alguma mensagem
    Como Cazuza e sua Ideologia.
    É uma pena que hoje em dia
    As mulheres se desmoralisem tanto
    A música não é a mesma,
    Já não se sabe que país é esse.
    Vamos revolucionar
    Voltar ao bom passado
    Onde havia música de qualidade
    E mesmo em meio à ditadura,
    Caminhávamos seguindo a canção.

    domingo, 19 de setembro de 2010

    ÓPERA

    No verde dos olhos
    A beleza de uma esmeralda
    Nem os mais lustrados espelhos
    Poderiam ter da pele a brancura alada.
    Nos cabelos de seda
    O negro da noite
    Passou por uma grande perda
    Ferida pela morte como um açoite.
    As palavras de suas canções
    São inspiração pra grande parte da minha poesia
    Sua voz bonita toca os corações
    Do piano saem suas notas com maestria.
    Mesmo na flor da juventude
    Possui grande sensibilidade
    Sua maior virtude
    É dizer o que sente de verdade.
    Amy, nunca esqueça
    De que também nunca estarás sozinha
    Mais um dia na vida começa
    E um dia reencontrará sua irmãzinha.

    sexta-feira, 17 de setembro de 2010

    FLORES EM TEMPOS DE CÓLERA


    Se um dia eu morrer
    Não quero que ninguém chore
    E no meu enterro
    Se querem ver minha alma feliz
    Coloquem em meu túmulo
    Minha flor favorita;
    Aquela que simboliza a paz
    Mesmo não sendo amaranto.
    Quero rosas brancas onde me deixarem
    Porque quando a morte chegar a elas
    Levá-las-ei comigo.
    Flores em tempos de cólera
    Satisfazem velhos desejos
    E poderei ir embora
    Pra pagar por meus erros
    E encontrar sossego.

    domingo, 12 de setembro de 2010

    UM LUGAR


    Busco um lugar no mundo,
    Quero fazer a diferença
    Na vida das pessoas que eu gosto
    E ser uma pessoa muito melhor.
    "Quanto mais eu vivo
    Mais eu sei,
    Que o que é simples
    É verdadeiro".
    Tomara que estejas ao meu lado
    Pra compartilhar bons momentos
    Ou ajuda mútua em outras situações
    Andando pelas esquinas da poesia...
    Quero que minhas palavras
    Signifiquem algo para alguém
    E que elas possam falar por essa pessoa,
    Não só por mim.
    Fazer minhas próprias escolhas
    Me arrepender de meus erros
    Reescrever uma nova página
    Todos os dias
    Como uma longa história
    Que o tempo nunca vai apagar.

    sexta-feira, 10 de setembro de 2010

    TIMIDEZ


    O verso que não escrevi
    A palavra que calei
    O beijo que não roubei
    O segundo em que te deixei fugir.
    O abraço que não dei
    O desejo que escondi
    O motivo que me fez rir
    As hora em que por ti chorei.
    O colo que não te pedi
    A vida que não conquistei
    A briga que não evitei
    As palavras bonitas que não esqueci.
    O amor que não expressei
    O carinho que não fiz
    O presente que não ganhei
    O dia em que não fui feliz.

    terça-feira, 7 de setembro de 2010

    ESTAR AO SEU LADO

    Meu anjo
    Estar ao seu lado
    Torna até os dias de chuva
    Mais bonitos,
    Com a luz dos teus olhos
    E o conforto recíproco
    Do aperto da tua mão.
    Estar ao seu lado
    É ter a paz que sempre desejei
    Mesmo quando não há palavras
    O silêncio me conforta em nossas expressões...
    Estar ao seu lado
    Sorrir com facilidade
    Mas não esconder minhas lágrimas
    Nas poucas confissões que já pude te fazer.
    Estar ao seu lado
    A certeza de ter amizade e carinho
    Dentro do amor mais puro
    A conquista de um sorriso.

    domingo, 5 de setembro de 2010

    AMIZADE VERDADEIRA

    É difícil encontrar hoje em dia
    Alguém que possamos chamar de amigo.
    Porque a amizade
    É muito mais do que ter
    Coisas em comum,
    E sim compartilhar bons momentos
    Vaorizando as coisas simples
    Tendo com quem contar de verdade.
    De vez em quando
    Um conselho é necessário
    Assim temos alguém para situações tristes ou alegres...
    Desabafos,
    Lágrimas,
    Sorrisos,
    E tantas outras coisas!
    Quando nós encontramos
    Pessoas assim
    Nos sentimos mais felizes,
    Raridade
    Dádiva.

    terça-feira, 31 de agosto de 2010

    NOS MEUS BRAÇOS


    Pra dizer a verdade
    Nem acredito que você está aqui nos meus braços
    Se é um sonho, não me acorde
    Desejo apenas memorizar seus traços.
    Não fique assustada
    Jamais contarei nossos segredos
    Pois a verdadeira paz está guardada
    Superando os velhos medos
    Noite quente
    Noite de chuva
    Ninguém duvidará da gente
    Pois nos completamos como a mão e a luva.
    Olhar nos seus olhos me dá muita certeza
    Do amor que eu sempre quis sentir
    Todos os dias me encanta sua beleza
    Que bom que você me ama, nunca te deixarei ir.

    domingo, 29 de agosto de 2010

    MULHER DE VERDADE


    Se você quer
    Uma mulher de verdade
    Precisa ser atrevido,
    Arriscar fazer o mprovável.
    As melhores frutas
    De uma árvore
    Estão no topo de seus galhos...
    Mulher de verdade
    Luta pelo que quer
    Gosta da liberdade
    Mas também sonha um presente receber.
    Mulher de verdade
    Espera pelo homem certo
    Mesmo que não seja perfeito
    Pois só ele terá a coragem
    De chegar ao topo da árvore
    E ter o melhor
    Sem medo de se machucar.

    quinta-feira, 26 de agosto de 2010

    CARINHOS


    Olhos nos olhos
    Confiança de barganha
    Sorriso aberto...
    Mão delicada estendida
    Faz carinho sem medo
    A pele arrepia
    Entrega-se aos poucos o coração
    Num beijo doce de amor.
    Um corpo molda-se a outro corpo
    Devagar no abraço quente
    Os dedos se juntam,
    As palavras escorrem aos ouvidos
    Suor não repele ninguém
    Hálito frio leva pro céu!
    Rosto conhece rosto
    Silêncio entende o que não conhecemos
    Porque eu sou tua
    E você é meu.

    quarta-feira, 25 de agosto de 2010

    LAÇO DE FITA


    O laço de fita que encontrei
    Caído no chão
    Me trouxe teu perfume,
    E assim me lembrei
    Do rosto lindo que vi
    Mesmo sem saber seu nome.
    Passei a imaginar quem seria
    A dona do laço de fita
    Que pende negro e sozinho
    Sobre aqueles cabelos
    Que tanto imaginei tocar,
    O laço de fita que prendia
    Aqueles cabelos
    São poesia e beleza
    Na alvorada
    Do destino.

    terça-feira, 24 de agosto de 2010

    SONO

    Meu amigo
    Dorme
    Dorme teu sono tranquilo
    Apaga a luz dos teus olhos
    Que para um novo dia
    Estarei à tua espera...
    Sonha o sonho mais bonito
    Porque mesmo que eu não esteja presente
    Me felicita ver teu sorriso.
    Dorme, meu anjo
    No conforto de onde moras
    Que em pensamento vou estar
    Do seu lado
    Pra te dedicar um carinho...
    Dorme
    Que Deus vai te cuidar
    A cada segundo.

    sábado, 21 de agosto de 2010

    HORAS IGUAIS


    Em milhares de lembranças me perco
    Diariamente confusa
    Quando sinto que está se fechando o cerco
    Um sorriso teu me torna menos obtusa.
    O destino te colocou no meu caminho de repente
    E me sinto protegida ao teu lado
    Não desejo que o tempo separe a gente
    Desfazendo o que já me foi conquistado.
    Nenhuma outra pessoa
    Me faz me sentir dessa maneira
    Me traz muita coisa boa
    E a tristeza se torna besteira.
    As horas e dias têm sido iguais
    Mas a tua presença levanta meu astral
    Saudade e tristeza não me deixam em paz
    Porém ao teu lado tudo parece natural.

    quarta-feira, 18 de agosto de 2010

    ATRAVÉS DA POESIA


    Tenho tantas coisas pra te dizer...
    Não quero parecer chata
    Mas o medo de te perder
    Aumenta a cada dia.
    Tu sabes que a escrita me faz bem
    Então prefiro que leias minhas palavras
    Para que nada seja omitido
    E eu me sinta mais tranquila.
    Quando estou por perto
    As palavras somem sem penas, assim
    Procuro aproveitar cada momento
    Até que eu possa te confessar o que sinto
    Através da poesia...
    Que bom que gostas dos meus versos singelos!

    terça-feira, 17 de agosto de 2010

    VERDADES OCULTAS


    "A justiça deveria ser cega
    Para ser justa,
    Mas nunca deveria deixar
    De ter coração."
    A verdadeira solidariedade
    Vem do amor,
    E o mundo é um lugar estranho
    Onde verdade e mentira
    São uma coisa só.
    O lado bom da vida
    São as coisas simples
    E quando estamos sonhando
    O céu é o limite.

    segunda-feira, 16 de agosto de 2010

    SOB MINHA PELE


    Sob minha pele
    Corre o sangue do meu corpo
    O ar que me faz respirar
    Permanece o carinho que você me fez.
    Sob minha pele
    Estão as lembranças que te trazem pra perto de mim
    Cada palavra da velha poesia
    Aquele sentimento que escondi até de mim mesma.
    Sob minha pele
    Vive a partitura da nossa canção
    O grito que calei a vida toda
    A desculpa que não desejo dar.
    Sob minha pele,
    A certeza de que não vou regredir
    Que estou perto do limite
    De ser feliz.
    Sob minha pele
    A força silenciosa de nossa amizade
    O coração de tudo
    O que me faz bem.

    sexta-feira, 13 de agosto de 2010

    SEM PALAVRAS


    É difícil ficar sem palavras
    Mesmo que o silêncio seja importante...
    Porém das coisas da vida
    Surgem os parágrafos, estrofes.
    Tropecei em muitas pedras,
    Mas em meu caminho também encontrei
    Belas flores;
    Daí nasceram meus versos
    Pois tudo é muito efêmero.
    Estou sem palavras
    Mas nem por isso
    Abro mão da boa poesia
    De cada dia.
    Tento encontrar palavras
    Para te dizer o que preciso,
    Sei que elas me acompanharão sempre.

    quinta-feira, 12 de agosto de 2010

    FRAGILIDADE


    Meu coração é de vidro
    Já se machucou demais
    Da tristeza nasce a rima do mármore esculpido
    Não consigo encontrar a paz.
    Tenho medo de que um dia esse vidro seja quebrado
    Pois tem muitas rachaduras
    Mas é sempre bom estar ao seu lado
    Onde esqueço as maiores lamúrias.
    Meu coração é frágil...
    Cuida de mim, meu anjo
    Tem o desejo de se tornar estável
    Pela felicidade que não esbanjo.

    quarta-feira, 11 de agosto de 2010

    MEMÓRIAS


    Hoje para mim
    É a véspera de outro dia qualquer
    Porque o significado desta data morreu
    Tenho memória, tenho coração.
    Perdo meu pai há muito tempo
    Há um estranho em minha casa
    E somente um milagroso arrependimento
    Poderia trazê-lo de volta
    Através do meu perdão.
    Mas por enquanto a indiferença
    Continuará a preencher as horas vazias
    E espero pelo que precisei a vida toda.
    Tanto faz,
    Realmente não ter alguém pra cumprimentar
    Hoje em alguns casos
    Não é culpa de ninguém.

    domingo, 8 de agosto de 2010

    PROMESSA

    Sei que mereço ter
    E no dia certo
    O destino vai me conceder.
    Por favor, nunca esqueça
    Que me fez uma promessa...
    Terá toda a minha gratidão
    Pois a cada dia que passa
    Tenho mais certeza de que não há mais nada
    Que possa me fazer assim,
    Feliz ao teu lado, realizada.
    Já faz muito tempo
    Que te entreguei meu coração
    Cuidando sempre muito bem
    Na amizade mais sincera que existe
    E me ensinaste a ser feliz nas coisas mais simples
    Tendo de volta a valiosa inspiração
    Por cada amanhecer que ressurge em teus olhos.

    quarta-feira, 4 de agosto de 2010

    GUERRA


    As pessoas estão em perigo
    Qualquer um, os bons e maus
    Por causa da guerra
    Todos estão sofrendo
    Do civil à vítma
    Por causa da guerra;
    O momento da verdade, de mentir, viver, morrer
    E principalmente lutar por todos os lados
    Talvez até a morte
    Em busca de um mundo novo.
    O líder, o mentiroso, o honesto, o pária...
    Até o Messias
    Corre grande perigo!
    Não há começo, nem fim
    Terra ou estrelas, dia ou escuro, nem
    Guerra nem paz, apenas nossos corações.
    Não há sol antes de nós partirmos
    Porque tudo acabou
    E o que vale é quem somos.
    Não há Satanás ou Deus
    Porque o maior Deus
    Está dentro de nós.

    sexta-feira, 30 de julho de 2010

    FUGA


    Quero fugir
    Vou me esconder da hipocrisia
    Recomeçar com outro nome
    E olhos para o infinito.
    Vou desaparecer
    Tenho um grande segredo
    E gostaria que você entendesse
    E levarei comigo
    Para conhecer o caminho
    Por onde eu ando...
    Quase cheguei onde queria
    Falta muito pouco para me igualar
    Aos outros.
    Sei que você foi embora
    Mas está sempre comigo!

    terça-feira, 27 de julho de 2010

    INFERNO


    Você fecha a porta e eu
    Espero por respostas,
    Já que eu tentei te fazer feliz
    E você não me deu valor.
    Não se sente mais segura
    Em meus braços,
    Meu corpo não é o velho abrigo que você tinha antes.
    Se você não me quer mais
    A culpa não é minha
    Só mais uma desculpa
    Para o que já acabou...
    Quando cheguei ao céu de estar
    Ao seu lado
    Me mostraram o inferno
    De pagar o seu preço,
    Agora tenho o seu destino...
    Se eu sair do seu caminho
    Posso ficar sozinho pra sempre
    Meu egoísmo não te merece
    Por isso sofremos tanto.

    segunda-feira, 26 de julho de 2010

    ESPECIAL


    No momento em que senti mais dor
    E já não podia me reconhecer no espelho
    Você me aceitou com todo amor
    Tornando novo o que parecia gasto e velho.
    Teu rosto delicado abriu-se num sorriso
    A partir daí me tornei seu filho
    Minha vida tornou-se algo mais conciso
    Como a folha seca do espinilho.
    Agradeço por toda sua dedicação
    Por sempre me aconselhar
    Encher de alegria meu vazio coração
    Disposta a me escutar.

    domingo, 25 de julho de 2010

    ROSANA


    Rosana
    É minha tia
    Tem muita alegria
    Mais conhecida como Mana
    Gosta muito de conversar
    A todos ajudar!
    Adoro ficar junto dela
    É amiga
    E muito mais!
    Não vou me prolongar
    Não tenho muito o que falar
    Pois você é indescritível
    Uma pessoa incrível
    Mas agora pra terminar quero dizer
    Que eu adoro você...

    sábado, 24 de julho de 2010

    MENSAGEIRO


    Marcas em minhas costas
    Atração pelo vento e pelo céu
    Instinto de proteção
    Habilidade ao andar pelos telhados
    Afeição pela natureza
    Fé no homem e no mundo...
    O que está acontecendo comigo?
    Me prenderam à força,
    Dormi sem sentir os músculos
    Enquanto enfaixavam meu tronco
    Dores horríveis tentam atrofiar o que lhes
    Causa vergonha, e que ainda tento saber o que é.
    Já chega,
    Eu não quero fugir do meu destino
    Nada pode me curar, não quero me curar
    Não vou machucar ninguém
    Sou um anjo
    Um anjo deve voar, pousar nas nuvens
    Me deixe abrir as asas
    Revelar o que realmente sou.
    Encontrar a luz que a humanidade precisa.

    quinta-feira, 22 de julho de 2010

    SUSSURRO


    O vento me sussurrou
    Que aquela dor pode voltar...
    Se as lágrimas me derrubarem
    Não me deixe cair, eu preciso de você.
    Eu sei que tudo isso pode acabar
    Se eu vencer essa dor
    Porém só conseguirei se você me pegar
    Não quero ir embora
    Esconder o que todos já viram
    Deus já sabe o que há por trás...
    Nunca morra, nunca durma
    Não silencie o sussurro que me acalma
    Jamais feche seus olhos,
    A luz da minha vida vem apenas deles.
    Morte e mentira na minha frente
    Pelo sussurro final
    Quero dizer-te o que poucos sabem...
    Cuida de mim,
    Me abraça,
    Não me deixa cair como um anjo machucado
    Me sussurra que tudo vai ficar bem.

    sábado, 17 de julho de 2010

    QUEM É VOCÊ?


    Quem é você?
    Que entrou de repente na minha vida
    Sem do futuro saber,
    E de quem eu gosto da companhia.
    Quem é você?
    Que despertou meu morto coração
    Me deixando sem saber o que dizer
    Por causa de um ato ou sensação?
    Quem é você?
    Que se tornou meu melhor amigo
    Minha lembrança bonita pra escrever
    Prezo que Deus esteja sempre contigo.
    Quem é você?
    Que um doce abraço me prometeu
    Para a velha tristeza desfazer
    Trazendo nos olhos o azul do limpo céu.
    Quem é você?
    Meu anjo da guarda de carne e osso
    A quem eu posso me confiar porque vai me proteger
    Que pode me tirar do fundo do poço.
    Quem é você?
    A quem tantos versos já dediquei,
    Com tantas coisas anda por dizer,
    E ao lado de quem eu posso esquecer que errei.
    Quem é você?
    Será que te conheço de uma vida passada?

    sábado, 10 de julho de 2010

    PROTEÇÃO II


    Daqui a algum tempo
    Se eu estiver a chorar
    Precisar de você
    E lhe chamar
    Você vem comigo ficar?
    Por favor, vem e me abraça
    Escuta-me como sempre fez
    Porque não quero isso de mais ninguém.
    Me protege, me dá teu colo
    O presente mais bonito de todos...
    Tomara que você não seja
    Só uma passagem rápida pela minha vida
    Pois eu não suportaria saber que
    O tempo ou a vida
    Me tiraram o que me mantém aguerrida,
    Até orque você deve estar no
    Meu destino!
    Não me deixe aqui sozinha
    É de você que eu preciso
    Minhas lágrimas só cessarão
    Quando seu abraço esquentar meu coração.
    Pega minha mão e me leva daqui
    Eu quero um pouco de paz.

    segunda-feira, 28 de junho de 2010

    ROSAS RECOLHIDAS


    És para mim
    Como uma delicada rosa
    Se for colhida por quem não sabe,
    Acaba perdendo todo o seu viço...
    E suas pétalas.
    O amor, de qualquer vertente
    É como uma flor do campo
    Quando é plantado
    E acaba crescendo,
    Depois é difícil de arrancar.
    Meu amor por ti
    É como uma rosa recém colhida
    Que merece ser cuidada com carinho
    Para jamais murchar.
    Se depender de mim, querido
    Tua rosa em meu coração
    Nunca saberá da morte.

    domingo, 27 de junho de 2010

    MALDADE II


    Ontem
    Me confessou um suposto amor
    Ontem
    Me tirou o lado bom da vida
    Deixando-te suposta ferida quando te deixei
    Se não me quer, diga o que está sentindo
    Olhando nos meus olhos.
    Dá raiva não ter essa certeza.
    Se me paga com isso
    Te devolvo na mesma moeda
    E você pode esquecer do meu amor.
    Ontem
    Me disse que voltaria
    Mas estava mentindo.
    Ontem
    Me disse um monte de bobagens
    Que destruíram minha vida.
    udo o que vem de você
    É pura mentira...

    sábado, 26 de junho de 2010

    MALDADE I


    Me pede que te deixe
    Quando mais preciso de você
    Diz que não se importa mais
    Quando já não posso te esquecer.
    Sugere que sejamos só amigos
    O que não me interessa de forma nenhuma
    Grita pro mundo que esse amor te fez mal
    Mas é bom que tenha acabado logo.
    Zombou do meu coração e tenta se desculpar
    Vai me pagar caro, não te quero mais
    Você é mentirosa e cheia de maldade
    Queimará inteira no inferno.
    Me pede que volte pra casa
    Agora perdi a vontade
    Diz que podemos ser mais que amigos
    Porém não existe mais carinho entre nós.
    Me dei conta do engano, da prepotência
    E do dano que me causou.
    Quando você nasceu,
    Vieram também minhas piores dores!

    sexta-feira, 25 de junho de 2010

    MAL-TRAÇADAS LINHAS


    Minha querida
    Minha pequena margarida
    Você é mais que minha esposa
    Também é minha amiga e confidente
    Alguém que me dá carinho e entende
    É muito cara de pau
    Mas também é especial
    Desculpe por estas mal-traçadas linhas, amor
    Mas não consigo ficar sem teu calor
    Sempre procuro uma forma de dizer
    O que sinto por você
    Você é minha muher, minha flor e alegria
    E nem todos os poemas que escrevo bastariam
    Para tudo expressar
    Contigo quero estar
    Serás sempre minha eterna namorada
    Minha menina, minha amada
    Gosto de lhe beijar, mas quando me beijas
    Sinto como se estivesse sempre no paraíso
    Paraíso que vejo no teu sorriso
    Ao seu lado, quero deitar e dormir
    Poder te ver sorrir
    E com teu carinho e teu beijo doce acordar
    Beijos doces meus vou lhe dedicar

    quinta-feira, 24 de junho de 2010

    MAGIA DO AMOR


    O amor...
    Ah! O amor
    Ele não tem palavras
    Nem explicação
    Não consigo descrever bem o que sinto
    Mas sei que é amor
    Amor que me fascina
    Toma conta do meu coração.
    Acredito em magia
    Sei que ela tem poder
    Tem o poder de fazer o bem
    E trazer alegria
    Também pode fazer o mal
    Se estiver em mãos erradas,
    Mas o amor é diferente
    Pode dominar a nossa mente
    Se for profundo.
    O amor é algo bom
    É a mais poderosa das magias
    Porque vence coisas más
    E afasta negativos pensamentos.
    Eu acredito na magia do amor!

    quarta-feira, 23 de junho de 2010

    CONFIANÇA


    Confiança
    É como cristal,
    Bastante frágil e cristalina
    Deve ser tratada com carinho
    Porque se por acaso
    Quebrar,
    Pode até não poder ser reconstruída.
    Te imploro
    Que não me faça sofrer
    Pra que a confiança em minha vida
    E no que você diz poder me dar
    Não caia por terra...
    Continue sendo como és
    Cuidando do cristal que moldamos
    Em pequenas ações despercebidas;
    Tenho-te total confiança
    Aprendo devagar a esquecer os dias que passam
    Sabendo que chegará o dia da minha
    Tranquilidade.

    terça-feira, 22 de junho de 2010

    OUTRO AMOR

    Te confesso:
    Eu te amo,
    Mas amo com um amor
    Diferente de todos os outros;
    O mais puro e sincero que eu
    Poderia sentir por alguém.
    Eu te amo
    Com um amor bonito
    De amiga para amigo,
    Por mais que qualquer outra pessoa
    Diga que isso não é verdade...
    Me perdoe por ter confundido as coisas
    No passado, mas eu agradeço-te
    Pela amizade que me trazes.
    Tu és a única certeza que o tempo
    Me deixou, e por isso tenho muito
    Medo de perder tua amizade.
    Meu melhor amigo,
    Continue acreditando no que digo
    Porque não me importo com o resto,
    Se quiseres algo mais só depende de ti
    O que importa de verdade
    É a verdade do meu amor de amigo
    Que sei que também sentes por mim.

    domingo, 20 de junho de 2010

    ANJO MEU


    Anjo meu
    Tudo aquilo que eu preciso ver
    Luz do so me prometeu
    E posso te mostrar o meu querer.
    Anjo meu
    Quero te dizer: muito obrigada
    Por me salvar tantas vezes daquele breu
    Confesso que sem você minha vida estaria acabada.
    Depois de juntos por tantos anos
    Uma coisa eu sei que é verdade
    Com você realzei meus maiores planos
    E aquele que é o motivo da minha saudade.
    Quero voltar para os braços do meu anjo
    Ficar sozinha no amor da minha paz
    Posso encontrar o que me lembra do arranjo
    Deixando a tristeza para trás.

    sábado, 19 de junho de 2010

    LUZ E SOMBRA


    A luz e a sombra
    São ilusões
    Das quais as pessoas
    Têm muito medo...
    Mas eu não tenho medo
    Do escuro porque dentro dele
    Eu posso ser tua.
    Livre presa em teus braços
    Porém tenho medo de que tudo isso
    Seja apenas um sonho
    A ilusão da luz mais bonita
    Então me beije,
    Me fale de tuas loucuras e sonhos
    Na sombra amada do teu corpo.

    quarta-feira, 16 de junho de 2010

    TÉDIO


    Não tenho nada de interessate
    Para fazer,
    Palavras não me convencem
    Dramas não me comovem
    O que me movia aré pouco tempo
    Já não tem tanta importância assim...
    Não me incomodo em esperar
    Pelo que não virá
    Ouvi promessas que se tranformaram
    Em ilusões inacabadas.
    Minha alma se perdeu
    Pelas esquinas e vaga nos vales
    Passados da vida
    Há algum tempo...
    Agradeço ao tédio
    Que não me surpreende mais
    Por me dar as horas de solidão
    E escrita,
    Mesmo que seja
    De palavras inúteis.

    terça-feira, 15 de junho de 2010

    DÉJÀ VU

    Às vezes te olho
    No inevitável fundo dos olhos
    E tenho a impressão de que
    Já te conheço há muito tempo.
    Mesmo quando não te vejo
    E acabo sentindo saudades
    Tamanha a importância que tem hoje
    Você está sereno em meus sonhos.
    Quando fico triste e me sinto sozinha
    Imediatamente me lembro de nossos momentos
    E isso me garante um pouco de conforto
    Certeza e alegria.
    Desde que nos conhecemos
    Entendi que o céu pode ser calmo
    Mesmo nos dias de chuva
    E posso ser feliz
    Nas coisas simples que eu buscar.
    Durante as noites de insônia
    Enquanto fico divagando sobre nós dois
    Desejo que durmas tranquilo
    E que os anjos do céu te protejam
    Mesmo que talvez um anjo
    Não possa cuidar de outro anjo.
    Se Deus não permitiu que eu tivesse
    Ao menos a amizade de quem tanto amei
    Ele te colocou perto de mim
    Pra que eu possa esquecer o passado e amadurecer.

    segunda-feira, 14 de junho de 2010

    RARIDADE


    Seria ótimo poder encontrar
    Em qualquer esquina
    O que toda boa mãe
    Deseja para sua filha na vida...
    Meninos carinhosos,
    Que dão abraços,
    Andam pela rua de mãos dadas,
    Fazem declarações de amor abertamente,
    Deixam beijos de esquimó,
    Escrevem versos românticos,
    Permanecem acordados pra te ver dormir,
    Têm a calma como palavra de ordem,
    São tímidos com elogios,
    De cabelos gostosos e bagunçados,
    Um cheiro bom e suave,
    De extrema gentileza e educação,
    Que nos tratam como princesas,
    Choram por causa de brigas ou saudade
    Mandam flores com palavras doces,
    E fazem o máximo para não nos magoar.
    Esse charme pode até existir,
    Mas hoje em dia é de inegável raridade!

    domingo, 13 de junho de 2010

    MEU FINAL FELIZ


    Falta muito para o meu final feliz
    Vamos falar que isso terminou,
    Não é nada como ter morrido
    Foi por algo que eu fiz ou disse?
    Não me faça de idiota
    Tentando parecer a vítima, porque
    Você foi tudo o que eu mais queria
    E eu achei que nada poderia mudar...
    Nós nos perdemos em memórias acabadas
    Graças a suas mentiras e fingimento.
    Seus amigos são tão hipócritas!
    Eu sei o que eles dizem de mim,
    Mas não me conhecem
    E nem sabem as besteiras que você fez
    Ou as coisas que já me escondeu.
    É legal saber que você esteve comigo
    Que disse que se importava
    E que eu era única.
    Que nós tivemos tudo aquilo
    Mas agora acabou.

    quarta-feira, 9 de junho de 2010

    ONCE UPON A TIME


    Era uma vez
    Uma pessoa iludida
    Que achava que tudo era perfeito
    E que não haveria mudança
    Em nada à sua volta...
    Era uma vez
    Aquela menina que já tinha crescido
    Sendo impossível voltar no tempo
    Cuja vida mudou completamente
    Num confronto duro com a realidade.
    Era uma vez
    Um rosto preenchido de lágrimas
    Que vive em busca de verdadeiros sorrisos
    Por causa da ilusão e mentira
    Em volta de sua própria casa...
    Era uma vez
    A mão que escreve sem preocupação
    Que espera pela realização do desejo aflito
    De tocar um compreensivo rosto
    Que tem estado em sonhos frequentes.
    Era uma vez
    Uma alma bastante sofrida
    Desejosa que o tempo passe logo
    A mentira se dissipe como fumaça
    E tudo acabe na paz de um certo abraço.

    domingo, 6 de junho de 2010

    TUA IMAGEM


    Tua singela imagem
    Me remete a uma viagem
    E sinto grande vontade
    De ser uma ferramenta
    Em tuas mãos
    Pra te trazer
    Um pouco de felicidade...
    Nem mesmo uma cópia perfeita
    Faria com que eu
    Não percebesse
    A importância e a realeza
    Que só você tem...
    Imagem permanente
    Dentro de meus sonhos
    Mesmo em pensamentos
    Turvos e tristonhos
    Dá-me certeza da vida tranquila.

    quinta-feira, 3 de junho de 2010

    MEU ANJO DA GUARDA


    Meu anjo da guarda
    Não tem asas de penas brancas
    E não mora no céu...
    Mas tem lindos olhos azuis
    Como um dia sem nuvens,
    Os quais me inspiram extrema confiança
    E a doçura
    Que me encanta.
    É de carne e osso,
    Acerta e erra como eu;
    Ele ainda não sabe,
    Mas ao seu lado me sinto protegida
    E terei a paz que tanto preciso
    Quando puder tocar seu rosto
    E estiver em seu abraço
    Que esperei por tanto tempo,
    Antes mesmo de te conhecer.
    Todos os dias
    Agradeço muito a Deus
    Por ter te colocado
    Na minha vida,
    Meu anjo da guarda...
    Tomara que tu não saias dela.

    quarta-feira, 2 de junho de 2010

    CONFISSÃO


    Durante minhas horas de solidão
    Introspectivas em meio a lágrimas
    Eu sinto muita falta de tua presença.
    Guardo nossos momentos juntos
    Onde só você consegue chegar sem saber
    Raio de sol na minha vida
    Espero que me entendas no dia certo,
    Garantindo-nos toda a paz do mundo
    Hoje e sempre!
    Esqueço daquela tristeza se te
    Lembras do que quero ser pra ti
    Inesquecível quero que seja pra nós e
    Não importa o resto, sempre estarei aqui.

    segunda-feira, 31 de maio de 2010

    CANSAÇO


    Alguém de quem gosto muito
    Não tem me dado valor,
    Me fazendo de idiota
    Com outra no meu caminho.
    Não sei mais o que faço
    E os conselhos que me deram
    Me deixaram ainda mais confusa...
    Decidi que queria ficar sozinha
    E não me prender a ninguém como àquele outro
    té que te vi de novo
    E resolvi arriscar,
    Mas não é a mesma coisa
    Porque estou cansada de ser tratada
    Como um brinquedo, apesar de muito amá-lo.
    Eu sei que você gosta de mim,
    Que nunca quis me magoar
    Mas é melhor que continue assim
    Para que ninguém sofra...
    Enquanto não tiver plenamente
    O que tanto quero,
    É melhor que eu fique sozinha
    Mas peço que me perdoe
    Eu não quis te magoar
    Porém foi inevitável dizer aquilo,
    Independente de quem decidiu primeiro.

    domingo, 30 de maio de 2010

    TU, POESIA


    As palavras que podem
    Contar diversas histórias
    Te descrevem em minha cabeça
    Para que surjam versos
    Singelos como a chuva...
    Tu me inspiras a escrever
    E tu sabes que eu gosto muito disso
    Porque já tens alguns versos apenas teus.
    Tu, poesia
    Minha amiga de todas as horas
    Meu refúgio de tristeza
    Fonte de alegria
    Por onde expresso o que sinto...
    Ajuda-me sempre a dedicar
    Versos àquele que mais merece...
    Querido,
    És poesia pra mim
    Mesmo que não saibas
    Fazer rimas cruzadas como eu!
    Poesia adorada
    Esteja sempre em minha vida
    Assim como ele significa pra mim;
    Devo muito a vocês.

    sábado, 29 de maio de 2010

    ÚLTIMO VERSO


    Se você quiser,
    Pode segurar a minha mão
    Porque eu também quero
    Segurar a sua.
    Assim como você
    Para comigo,
    Quero ser tua amiga
    Mas tu sabes que não
    Posso garantir que não
    Vá me apaixonar por você,
    Mas prometo procurar não
    Ter tanta pressa
    Pra que você não se assuste...
    Os versos que já escrevi
    Ao lembrar de você
    Não posso apagar porque
    Fazem parte de minha poesia,
    Assim como você faz parte
    Ds minha vida...
    Não tenha medo, meu anjo
    Porque contigo
    Tenho motivos de felicidade
    E o que sinto
    É apenas medo de te perder.

    terça-feira, 18 de maio de 2010

    PIMENTA NA BOCA


    O sabor que sinto
    Não é nem um pouco amargo
    É suave como vinho tinto
    Interessante como aspargo.
    Um beijo teu
    Me traz a linda sensação
    De estar tocando uma nuvem do céu
    Calor intenso no coração
    Não me deixa sozinha ao léu.
    A pimenta
    Na tua boca reflete
    Palavras onde apascenta
    Segredos que nunca se esquece.
    Vem, deita no meu colo
    Aproveita pra desabafar
    Se quiser, me deixa no solo
    Ensina-me a te amar.

    segunda-feira, 17 de maio de 2010

    CATARSE

    Tenho tentado não forçar as coisas
    Para não te assustar,
    Porque perder o pouco que tenho
    Com certeza seria o fim...
    Espero que nada mude entre
    Nós dois, apesar de tudo.
    Voltei para o mesmo lugar
    Depois de tanto lutar,
    Mas eu sinto que posso ser bem mais
    Quando estou do seu lado!
    Por ti eu não chorei nunca
    Porque só me deste motivo para sorrir...
    Quase desisti de tudo
    E quando penso que já acabou a esperança
    Uma palavra tua me traz de volta.
    Tenho plena certeza
    De que quando o dia chegar
    O que acontecer será
    Inesquecível para nós dois
    Onde terei a segurança que preciso
    E tu saberás o quanto se tornou
    Importante na minha vida
    E o quanto te quero bem...
    Por isso, neste dia, se pegares a minha mão
    Te peço que me leves daqui
    Para a desejada catarse
    De tua amizade.

    domingo, 16 de maio de 2010

    PRECISO DE VOCÊ


    Às vezes eu me sinto
    Única no mundo
    Mas quando pendo em você
    Minha vida volta à paz...
    Quando sonho com você,
    Trago comigo a lembrança
    De nossos lindos instantes!
    Você sempre foi muito delicado e gentil
    Quando te conheci.
    Preciso de você
    Do seu sorriso, da sua voz e do seu abraço
    Por favor, não leve a mal:
    Eu quero que você saiba
    Que estou feliz por teus gestos
    Me tire dessa agonia,
    Porque quero você perto de mim
    Através da esperada paz.

    sábado, 15 de maio de 2010

    SER HUMANO


    Sou um ser humano,
    O único que sabe raciocinar.
    Tenho polegar opositor,
    E cérebro altamente desenvolvido.
    Não nego o que aprendicom meus ancestrais,
    Ando ereto; domino o fogo e os metais,
    Mas não mato semelhante apenas por fome.
    Outros iguais a mim,
    Não sabem perdoar, relevar
    E não conhecem os limites.
    A fome e a guerra fizeram surgir
    A chuva de sangue
    Por qualquer motivo...
    E a igualdade desapareceu.
    Busco a própria satisfação
    Deixando todo o zelo para trás.
    Fazer o que? Sou um ser humano!
    Fraco e quase onipotente,
    Meu próprio lobo...
    Tenho pena dos seres humanos.

    sexta-feira, 14 de maio de 2010

    FACE OCULTA


    Por trás de muitos
    De meus sorrisos,
    Existe grande parte
    De minhas lágrimas.
    Meu coração esconde coisas
    Que meu rosto tenta não revelar
    Até que o momento certo chegue
    E eu possa te dar o que você merece
    Recebendo em troca o que tanto precis.
    Gosto de estar em silêncio
    Para que possa pensar em tudo o que vivi.
    Tenho medo de olhar nos olhos dos outros
    Por não saber o que eles me dizem
    E por medo de que coisas que ainda quero esconder
    Sejam reveladas a quem não se deve.
    O estranho é que com os teus é diferente,
    Teus olhos me inspiram confiança,
    Paz e tranquilidade,
    Olhar nos teus olhos é tão bom...
    E a tua face não me esconde nada,
    Quando estou a teu lado
    Tenho tudo
    E sei que ainda vou receber um pouco mais!

    terça-feira, 11 de maio de 2010

    SIMPLICIDADE


    Eu já me sinto feliz
    Com cada pequeno gesto de carinho
    Que recebo de você,
    Seja um olá,
    Um sorriso,
    Um olhar,
    Um favor...
    Ou até mesmo teu silêncio
    Estando do seu lado.
    Quando te vejo,
    Meu coração se enche de alegria
    Apesar de eu não saber ao certo
    O que sinto por você...
    Espero o momento certo
    Para poder dizer-te tudo
    Sem ter medo de olhar em teus olhos!
    Tu me dás em dobro tudo o que eu achei
    Que tinha perdido para sempre,
    E despertou meu coração machucado
    Que parecia morto há muito tempo...
    Obrigada por tudo isso,
    É tudo o que eu mais preciso.