quinta-feira, 26 de agosto de 2010

CARINHOS


Olhos nos olhos
Confiança de barganha
Sorriso aberto...
Mão delicada estendida
Faz carinho sem medo
A pele arrepia
Entrega-se aos poucos o coração
Num beijo doce de amor.
Um corpo molda-se a outro corpo
Devagar no abraço quente
Os dedos se juntam,
As palavras escorrem aos ouvidos
Suor não repele ninguém
Hálito frio leva pro céu!
Rosto conhece rosto
Silêncio entende o que não conhecemos
Porque eu sou tua
E você é meu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!