quarta-feira, 31 de agosto de 2011

IRMÃO PELO DESTINO

Meu presente dos deuses
Meu anjo, meu querido
Meu amigo, meu irmão.
Obrigada por tudo...
Eu não mereço alguém assim
De tão bom coração.
A cada dia me ensinas
A esquecer o passado
Que meu coração merece amar
E também ser amado.
Agradeço pela honestidade
Conselhos e palavras de carinho
Se depender de mim
Nunca estarás sozinho.
Não há nada no mundo
Que possa expressar
Em palavras esse sentimento profundo
Que sempre vou lembrar.
Obrigada
Eu te amo
Meu irmão
Meu destino.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

AMOR PARNASIANO

Não há em mim como negar esse sentimento
Que todos os dias inunda meu coração
Mas infelizmente a saudade eu lamento
Que me preenche de frustração.

Porque a mim não me basta ser amada
E não desejo somente teu amor
Necessito a proteção e carícia delicada
Como a cantiga que se faz em flor.

Não posso permitir que tal baixeza me consuma
Te espero para estares ao meu lado
Em teus lânguidos beijos me perder.

Certeza plena de que és o mesmo na bruma
O meu corpo em teus braços encaixado
Sem ignorar possível prazer.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

EMOÇÃO E INCERTEZA

Agradeço-te de coração
Pela paciência e compreensão
Quando fui tomada pela coragem
De confessar o antigo desejo
Que tem me consumido aos poucos.
Senti-me profunda-mente tocada
Pelas palavras tão sinceras
Que sem eu perceber me trouxeram
Lágrimas de alegria deveras.
Sei que será bom pra mim
Se eu tentar algo novo
Me deixando ser conquistada
E talvez corresponder.
Mas sigo confusa e estranha
Porque não quero magoar outro coração
Se esse sentimento por mim for verdadeiro.
Te peço que me ajudes nisso
Porque é em ti que eu confio
E que não me abandones.
Não quero cometer
Os mesmos impulsos e erros de novo.