terça-feira, 28 de setembro de 2010

A VOZ DO POVO

Imagine um coração
Aberto e livre...
Imagine uma fé
Que todos teriam em si mesmos
Onde não haveria guerra
E a voz do povo
Soaria em todos os cantos
Entendida em qualquer idioma...
Imagine um mundo
De reis e rainhas
Na promessa de amor

Entre todas as pessoas...
Não importa quantas vezes
Você precise lutar pela verdade
Entre no olho do furacão
Faça valer o que a voz do povo diz...
Deixe a vida florescer em seu coração
Nas teclas do piano
Ou cordas do violão
Pois um dia vamos nos reencontrar...
Não deixe o sonho morrer
Encontre seu destino
Busque honestamente a glória,
Não lamente,
Não esqueça,
Viva sua vida!Você precise lutar pela verdad

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

DISTANTE

Meu anjo,
É muito estranho...
Você está tão distante de mim!
Ignorar não é a palavra certa
Mas tenho medo de que esse teu silêncio
Te afaste de vez de mim
E eu sofra como da outra vez,
Que acho que pude perdoar em meu interior.
Talvez não haja nada que eu possa fazer
Por enquanto,
Por isso vou rezar bastante e esperar
Um sinal teu,
Uma prova de que nada mudou
Mesmo com a promessa não cumprida
Que ainda tanto anseio, até porque
Tenho medo de que
Já não sejas aquele que gosto tanto
E que não tenhas entendido minhas palavras.
Estou começando a sentir falta
De nossos silêncios ou poucas palavras
Os simples olhares trocados
E quando pegas na minha mão.
Pequenos gestos...
Sei que ainda és meu amigo
Que ainda existe algo que nos conecta
E se tu estás mesmo no meu destino
Os deuses vão me avisar
E eu te terei de certa forma de volta.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

AVENIDA DOS SONHOS QUEBRADOS

Caminho sozinho por entre as ruas
Onde se quebram meus sonhos
De um setembro que não termina
Mas a primavera surge.
A cidade dorme
Porém não posso lhes impedir
De estar onde não estou
Mesmo que talvez este andar seja solitário
E inutilmente prazeroso.
A minha sombra me acompanha
E meu coração bate tristemente
Espero encontrar alguém
Mesmo não sabendo quem poderia ser
Não sei onde a rua me leva
Continuo andando sozinho...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

SE TU FOSSES MEU


Se tu fosses meu
Eu te levaria aos mais lindos lugares
Conhecerias comigo cada estrela do céu
E leve poderias voar pelos ares.

Se tu fosses meu
Não terias nada a temer
Pois eu seria o ser mais fiel
O passado te ajudaria a esquecer.

Se tu fosses meu
Eu saberia o que é felicidade
Provando do teu beijo
O que imagino ser um doce mel
Os velhos sonhos se transformam em realidade.

Se tu fosses meu
Te daria todo o carinho
Descansarias nos braços de Morfeu
Mas não acordarias sozinho.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

MORAL


"Chega de música sem moral,
Chega de palhaçada musical!"
Quero uma letra
Que seja como poesia
Trazendo alguma mensagem
Como Cazuza e sua Ideologia.
É uma pena que hoje em dia
As mulheres se desmoralisem tanto
A música não é a mesma,
Já não se sabe que país é esse.
Vamos revolucionar
Voltar ao bom passado
Onde havia música de qualidade
E mesmo em meio à ditadura,
Caminhávamos seguindo a canção.

domingo, 19 de setembro de 2010

ÓPERA

No verde dos olhos
A beleza de uma esmeralda
Nem os mais lustrados espelhos
Poderiam ter da pele a brancura alada.
Nos cabelos de seda
O negro da noite
Passou por uma grande perda
Ferida pela morte como um açoite.
As palavras de suas canções
São inspiração pra grande parte da minha poesia
Sua voz bonita toca os corações
Do piano saem suas notas com maestria.
Mesmo na flor da juventude
Possui grande sensibilidade
Sua maior virtude
É dizer o que sente de verdade.
Amy, nunca esqueça
De que também nunca estarás sozinha
Mais um dia na vida começa
E um dia reencontrará sua irmãzinha.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

FLORES EM TEMPOS DE CÓLERA


Se um dia eu morrer
Não quero que ninguém chore
E no meu enterro
Se querem ver minha alma feliz
Coloquem em meu túmulo
Minha flor favorita;
Aquela que simboliza a paz
Mesmo não sendo amaranto.
Quero rosas brancas onde me deixarem
Porque quando a morte chegar a elas
Levá-las-ei comigo.
Flores em tempos de cólera
Satisfazem velhos desejos
E poderei ir embora
Pra pagar por meus erros
E encontrar sossego.

domingo, 12 de setembro de 2010

UM LUGAR


Busco um lugar no mundo,
Quero fazer a diferença
Na vida das pessoas que eu gosto
E ser uma pessoa muito melhor.
"Quanto mais eu vivo
Mais eu sei,
Que o que é simples
É verdadeiro".
Tomara que estejas ao meu lado
Pra compartilhar bons momentos
Ou ajuda mútua em outras situações
Andando pelas esquinas da poesia...
Quero que minhas palavras
Signifiquem algo para alguém
E que elas possam falar por essa pessoa,
Não só por mim.
Fazer minhas próprias escolhas
Me arrepender de meus erros
Reescrever uma nova página
Todos os dias
Como uma longa história
Que o tempo nunca vai apagar.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

TIMIDEZ


O verso que não escrevi
A palavra que calei
O beijo que não roubei
O segundo em que te deixei fugir.
O abraço que não dei
O desejo que escondi
O motivo que me fez rir
As hora em que por ti chorei.
O colo que não te pedi
A vida que não conquistei
A briga que não evitei
As palavras bonitas que não esqueci.
O amor que não expressei
O carinho que não fiz
O presente que não ganhei
O dia em que não fui feliz.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

ESTAR AO SEU LADO

Meu anjo
Estar ao seu lado
Torna até os dias de chuva
Mais bonitos,
Com a luz dos teus olhos
E o conforto recíproco
Do aperto da tua mão.
Estar ao seu lado
É ter a paz que sempre desejei
Mesmo quando não há palavras
O silêncio me conforta em nossas expressões...
Estar ao seu lado
Sorrir com facilidade
Mas não esconder minhas lágrimas
Nas poucas confissões que já pude te fazer.
Estar ao seu lado
A certeza de ter amizade e carinho
Dentro do amor mais puro
A conquista de um sorriso.

domingo, 5 de setembro de 2010

AMIZADE VERDADEIRA

É difícil encontrar hoje em dia
Alguém que possamos chamar de amigo.
Porque a amizade
É muito mais do que ter
Coisas em comum,
E sim compartilhar bons momentos
Vaorizando as coisas simples
Tendo com quem contar de verdade.
De vez em quando
Um conselho é necessário
Assim temos alguém para situações tristes ou alegres...
Desabafos,
Lágrimas,
Sorrisos,
E tantas outras coisas!
Quando nós encontramos
Pessoas assim
Nos sentimos mais felizes,
Raridade
Dádiva.