domingo, 13 de setembro de 2009

SABOR DE POESIA


Tenho grande amor pela poesia
Admiração sem hipocrisia
Pois ela me traz a paz de que tanto preciso
Sinto que com ela assumi um compromisso.
Gosto do seu sabor
E dele sinto saudade
Quando não consigo expressar
Meu lado humano
Cheio de verdade
Alegria e calor.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

NOVOS OLHOS


Hoje em dia tenho novos olhos
Para enxergar a dura realidade
Que está diante de mim,
Juntamente com a suposta ignorância
Cheia de falsidade!
Mas eu poderia ter novos olhos
Ver apenas as coisas boas que acontecem,
E que muitas vezes, não são
Valorizadas como se deve.
Eu queria ter novos olhos,
E que deles não saíssem lágrimas
Carregadas de tristeza,
Mas que as mesmas agora tivessem
Motivos de alegria...
Esses novos olhos
Veem a tristeza como algo que
Conta histórias simplesmente
Infinitas.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

CASA DOS LOBOS


A casa dos lobos
Me revela a escuridão
Unida a um medo
Latente e óbvio...
Os lobos me perseguem
E ninguém pode ouvir meus gritos
Apesar dos ecos entre as pedras.
Tento fugir, mas minhas pernas estão
Tão fracas...
Meus joelhos fraquejam e meus
Olhos padecem em lágrimas de sangue.
A minha carne é consumida pelos animais,
Que não me deixam sofrer pelos cortes
Inócuos
Que sofri.

domingo, 6 de setembro de 2009

DESCRIÇÃO


Descrever é limitar
Os espaços inacabados
Das rotas que ainda
Não foram seguidas...
Descrever pode ser tentar explicar
O que ainda não foi explicado
E que ninguém entendeu.
Descrever pode ser visualisar
O que ainda não foi visto
Que ninguém pode ver.
A descrição da vida
É apenas
Aprender a
Viver.

sábado, 5 de setembro de 2009

ELEMENTOS


Os 4 elementos
Em todos os momentos
São água, terra, fogo e ar
Mas há também quem ouse falar
Sobre o seu pensamento
De que o 5° elemento
São os seres humanos.
Quem domina a água, incontrolável
É alguém sensível e afável
Já com o fogo, elemento destrutível,
Pessoa bruta, mas justa.
Quem é da terra
Pessoa concreta
Prática, sincera
E sarcástica
Quem é do ar,
Gosta de falar
É alegre, leve
Quase capaz de voar.
Mas o homem, 5° elemento
Em nenhum momento
Se consegue controlar
Pois só ele pode dominar
Os 4 elementos
Água, terra, fogo e ar.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

MEU CAMINHO


Há muito tempo tento entender
O que de fato é a solidão
Não sei o que posso fazer
Para acalmar meu coração.
Quero apenas seguir meu caminho
Descobrir se na vida existem verdades
Parar de me sentir sozinho
Já que estou preenchido de saudades...
Através da minha janela sinto a brisa
A chuva chega aos poucos
É disso que minha alma precisa,
Libertar seus sentimentos loucos.
No meu caminho pretendo encontrar alegria
Esperança de poder amar
Sentir que a tristeza é apenas uma utopia
Assim sempre ficar.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

DESASTRE TECNOLÓGICO


Perdi os dados do meu pendrive
Fiquei muito chateado
Minha raiva ainda sobrevive
Pois meu celular está pifado.
Meu orkut insiste em dar erro
Não aguento mais clicar no "Voltar"
Ler os recados eu quero
Mas a janela acabou de se fechar.
Nossas fotos pretendo escanear
A impressora não está ligando
Não gosto de me alterar,
Mas minha paciência está acabando.
Achei melhor desistir,
Resolvi sentar para escrever
Em versos ver meu coração implodir,
Fazer um poema pra você.