segunda-feira, 29 de março de 2010

VONTADE


Não nego o que eu que eu quis
E talvez ainda queira
Mas não tenho nenhuma intenção
De destruir o que tu já tens
Independente do que possa acontecer.
Também não espero nada
Porque nunca tive nada...
Eu sabia que aquilo te impediria
E esqueci de pensar nisso,
Apenas te peço que não me julgue
Porque eu nunca te quis mal
E sei que tu não me magoarias!
Se tu quiseres ser um bom amigo pra mim
Quero que saibas que
Podes contar comigo,
E se for pra acontecer
Que seja do jeito que quisermos,
Já que não foi só por aquilo.
Fico feliz por seres assim, leal e companheiro
E aquela que estiver do teu lado
Deve te dar muito valor.
De qualquer forma, obrigada por
Não me magoar,
E não te preocupes
Porque eu estarei aqui
Pra qualquer coisa
Que acontecer...

domingo, 28 de março de 2010

CAMINHOS DO SOL


Os caminhos do sol
Que ainda quero percorrer
Só serão mais belos
Com a tua companhia.
É sabido que em qualquer caminho
Não existem apenas flores e pássaros,
Por isso do teu lado
As pedras não me derrubam
E os espinhos não podem me ferir...
A tua proteção me conforta,
Nada pode me fazer mal se estás comigo!
Os caminhos que já percorri
Eu jamais vou poder esquecer
Porque nada me impede de
Viver
A vida e os caminhos do sol.

sábado, 27 de março de 2010

AFUNDANDO


E já fiz tanta coisa por você...
Chore milhares de lágrimas
Sempre gritando, enganando e sangrando,
Nunca recebi nada em troca...
Me deixe, acho que posso me salvar
Acordar de uma só vez
Já fui atormentada demais
Diariamente derrotada.
Quando pensei que você já tinha me deixado no fundo
Eu estou morrendo de novo!
Estou afundando
Me afogando nas suas águas
Caindo na velha armadilha
De onde quero avançar e me libertar.
Confundi demais as verdades e mentiras,
Não sei o que é real
Em minha cabeça e à minha volta
A confiança em mim mesma acabou.
Vá e grite até mim
Eu estou muito longe
Não posso continuar afundando
Por sua causa!

quinta-feira, 25 de março de 2010

GRAÇA E DOÇURA


Tua graça e doçura
Me encantam a cada dia,
E sabes que tua companhia
Me faz muito bem...
Os teus olhos têm um
Lindo brilho,
Seu sorriso me traz paz
E seu amor me preenche
De alegrias.
Tua graça e doçura
Coração cheio de ternura
Pureza eminente
Em teus gestos similares.

quarta-feira, 24 de março de 2010

NEUROSE


O silêncio nunca vai me perdoar
Porque eu disse que te amava...
Nada disso adiantou.
Agora sou vítima de minhas palavras
E de minha consciência.
Não cheguei a nenhuma conclusão
Quando procurei entender a minha vida,
Então o tempo esfregou na minha cara
Que eu não posso ter você!
Tenho que me acostumar porque
A vida é assim,
O sol irá brilhar depois da chuva.
Aqui neste quarto
Ou em qualquer outro lugar
Eu ainda te espero
No resto dos nossos dias
Que nunca vão chegar.
Pena que eu só posso te ver e tocar
Dentro do meu coração,
Nos problemas que não têm solução
Como resultado.

terça-feira, 23 de março de 2010

PEDAÇOS DE MIM NO CHÃO


Pedaços de
Mim no
Chão se
Espalham como
Migalhas de
Solidão escura.
Farelos esquecidos
Que já foram
Levados daqui...
Cada minuto
Está quieto
Mas ele
Me faz
Mudar demais
Te afoguei
Agora só
Peço que
Se me
Amas de
Verdade, que
Me dê
Gestos e
Fique comigo...
Não peço
Provas jamais.

sábado, 20 de março de 2010

GUARDADO


Guardei a flor que você me deu
Dentro do livro que lias pra mim
Pra que as pétalas jamais se percam.
Guardei teu beijo mais sereno
No fundo secreto dos meus lábios
Pra que eu possa sempre sentir seu sabor.
Guardei teu abraço mais seguro
Em cada parte de mim
Pra que esse conforto nunca me deixe triste.
Guardei aquele teu sorriso msis espontâneo
Na caixa da minha memória
Pra não esquecer da alegria que você me traz.
Guardei teu carinho mais sincero
No cantinho do meu coração
Pra ter a mesma sensação na solidão.
Guardei tua palavra mais bonita
No eco das nossas velhas cartas
Pra sentir que você está ao meu lado.
Guardei os momentos que estivemos juntos
Em cada acorde daquela canção
Pra que você fique em todo lugar.
Você está guardado sempre comigo
Em cada pequena coisinha
Dentro do meu coração.

sexta-feira, 19 de março de 2010

LÍTIO


Não quero me trancar por dentro da mentira
Nem esquecer o que é sentir sua falta
A minha tristeza me apaixona...
Deus, devo deixá-la ir?
Dormir sozinha é como não viver
E qualquer coisa é melho do que isso.
No fim eu sei que vou cair
Porque o lugar das minhas cinzas
É a prisão das dores.
Me pergunto o que há de errado comigo,
Pois não consigo me acalmar!
Ninguém vai me rebaixar dessa vez
Afogar as minhas vontades
Aqui na escuridão eu me conheço,
Não posso ser livre até que ela me deixe ir.
Querido, te perdoo por tudo
Mesmo que nada possa esconder dos outros
O vazio que você deixou...
Você precisa beber pra dizer que me ama?
Não pensei que fosse ficar tão frio aqui...
Ainda assim, quero deixá-lo ir.

quinta-feira, 18 de março de 2010

MITO DA CAVERNA


Amarrados numa caverna contra a parede
Atrás apenas uma distante fogueira
Sombras as pessoas percebem no alamede
Não sabemos da mentira traiçoeira.
Certo dia, um dos homens se liberta
Na saída, pelos sol seus olhos ficam ofuscados
Mas depois, a verdade indignação lhe desperta
Quando ele enxerga a realidade ali representada.
Resolvendo aos outros contar a novidade
Ele volta para as sombras da caverna
Mas toalmente envoltos na incredulidade
Os iludids batem no libertado sem pena.
Hoje em dia, as pessoas muito se prendem à ficção
Onde toda a verdade está em apenas um lugar
Não entendem que de tão valiosa, não cabe na palma da mão
Sendo difícil de encontrar.
Porque a verdade suprema não existe!

terça-feira, 16 de março de 2010

MENTIRA NUA II

Fios de tecido caem de seus ombros
Pelos lábios passa a língua
Ela revela aos poucos seus escombros
Muito doce e ambígua.
No ar se espalha o perfume dela
A mil meu coração palpita
Será que me dou uma cutucadela
Pra ver se minha alma acredita?
Essa mulher tem um corpo perfeito
Que suponho que ao meu quer se juntar
Descansar na paz do meu leito
Onde eu posso lhe tocar...
Lhe admiro na sua tímida nudez
Enquanto ela vem me deixar um beijo
Ter tão de perto essa terna palidez
Brota em mim intenso lampejo.
Os lábios daquela linda tinham indescritível sabor
Mas me esconderam a luz da lua
Descobri ao acordar com torpor
Que a mentira pra mim se mostrou crua
E nua.

segunda-feira, 15 de março de 2010

MENTIRA NUA I


Fechei meus pesados olhos
Logo depois, me restou adormecer
Valiosas pedras ou ouros
Em meus sonhos passei a ver.
Na cama estava deitado
Com a porta de carvalho trancada
Naquele vislumbre fiquei encantado
Ao ver o que por ela passava alarmada.
No horizonte, mulher sedutora
Silêncio me pede com um gesto
Linda, pura e redentora
Motivo não há para protesto.
Em seus delicados lábios brota um sorriso
Branco e leve como toda a fina pele
Tudo isso parece tão conciso
Que nem de longe me repele.
Nem pica para mim os olhos de safira
Solta os negros, logos e lisos cabelos
Meu sangue queima como numa pira
Já não sei o que querem meus apelos...
Da camisola desamarra os pequenos laços
Aos poucos, atraente
Sinto vontade de tomá-la em meus braços
E meu desejo se torna latente...

sexta-feira, 12 de março de 2010

PSICOPATA


Não sinto pena da hipocrisia
Não sei perdoar o imperdoável
Não sinto remorso da falta de caráter.
Não se iluda, sou psicopata,
O reflexo da fraqueza alheia...
Morte para mim não existe!
Verdade e mentira são uma coisa só,
E ninguém é dono de ninguém.
Tudo isso é tão igual,
Porque meu coração não se surpreende mais.
Sei o que pretendo fazer:
O psicopata que tenho dentro de mim
Não me deixa esquecer
Minhas duas faces;
O bem e o mal ainda podem se encontrar
Na luz e na escuridão.
Já não sonho mais,
Porque a realidade me encontrou...

terça-feira, 9 de março de 2010

TEORIA HÍBRIDA


Queria muito conhecer a
Teoria híbrida,
Que diz que o bem vence o mal
Mis uma vez,
Após mais um beijo teu.
Por isso não te deixo fugir,
É o melhor que temos nesse
Momento, no tempo inteiro
Do mundo...
Para ver a luz do sol poente
Que se oculta em lugar desconhecido
Deixando aos poucos surgir
A lua de prata.
A teoria híbrida do amor
Que se dissolve em palavras...
Até onde vai o nosso coração
Na óbvia saudade
Velha novidade
Tão viva e tão morte
Tão mentira e tão verdade
Tão simples!

domingo, 7 de março de 2010

SÓBRIO


Não chore por mim
Se você me ama de verdade
Não me faz me sentir assim
Decida-se pela verdade.
Você deveria cair e perder tudo?
Lembre-se de si mesmo
Continua sempre mudo
Me tratando com desprezo.
Não consigo acreditar
Que estamos nos enganando
Já não é possível atrás voltar
Porque suas atitudes estavam me envergonhando!
Você perdeu o seu mesquinho jogo
E não se dá conta de que tudo acabou
Por que não vai embora logo
Já que seu amor se atrasou?
Como eu pude queimar
O paraíso que eu conquistei?
Minha felicidade começou a terminar
E disso nunca esquecerei.
Agora me decidi por você
Pegue suas coisas e vá embora
Nunca mais assim vou sofrer
E conhecerás a tristeza lá de fora.
Fique sóbrio e tranquilo
Em relação a culpas...
Você nunca foi meu.

sábado, 6 de março de 2010

NINGUÉM É PERFEITO


Ninguém é perfeito
Até que você se apaixone
Por essa pessoa.
Todos nós sabemos bem
Que a perfeição não existe,
Mas quando estamos apaixonados
Esquecemos o lado ruim...
Se amamos de verdade
Os defeitos mais graves se tornam coisas
Muito pequenas perto do essencial,
Com as quais podemos conviver.
As coisas mais simples da vida
Se toram muito importantes,
E nada pode superar o encanto
Que aquele alguém nos proporciona.
Príncipes encantados não existem
Mas ainda existe essa ilusão
De que vamos encontrar a pessoa
Que tem tudo aquilo que sonhamos...
Ninguém é perfeito,
Mas o que importa de verdade
É o amor

quarta-feira, 3 de março de 2010

EU QUERO


Eu quero te dar
O que você nunca teve!
Eu quero te oferecer de graça
O que é meu e nunca foi de ninguém.
Eu quero estar do seu lado
Para que nunca te sintas sozinha.
Eu quero te abraçar
Pra te aquecer se você sentir frio.
Eu quero me deitar junto com você
Só pra continuar acordado e te ver dormir.
Eu quero te abrir o meu coração
Pra que você saiba que o que eu sinto é verdadeiro.
Eu quero te dar colo
Para você poder chorar tranquila.
Eu quero te fazer carinho,
Sei que você precisa de mim.
Eu quero cantar pra você antes de dormir
Para que assim sonhes comigo.
Eu quero te escrever uma poesia
Com ela expressar um pouco do meu grande amor.
Eu quero te dar um beijo
Para sua escuridão desaparecer.
Eu quero te olhar nos olhos
Entender teus sinais no no silêncio.
Eu quero te ouvir
Te oferecer meu consolo.
Eu quero tantas coisas,
Mas principalmente quero te amar!
Você me ama também?

segunda-feira, 1 de março de 2010

O LADO BOM


Catar conchinhas na praia
Ouvir os pássaros cantando
Conversar com os amigos,
Ou ler um bom livro.
Escrever um poema
Despetalar uma flor
Exercitar o silêncio,
Ou falar de amor.
Tomar banho de chuva
Rir até cansar
Voltar a ser criança,
Ou passear pela praça.
Relembrar o passado bom
Matar a saudade de um certo alguém
Dançar ao som da música preferida,
Ou dormir o sono dos justos.
Subir numa árvore
Andar sem rumo certo
Contar histórias antigas,
Ou não fazer absolutamente nada.