quarta-feira, 31 de maio de 2017

Faded

She came and left
like the sea and the summer,
but I could see her remains,
the paths she went through,
the souls she touched with her whispers, so bold,
like my own.
Her echo over time
bent to life and will within a cave
has made her a myth.

14/02/2017

terça-feira, 30 de maio de 2017

segunda-feira, 29 de maio de 2017

07/07/2015

As coisas costumavam ser mais fáceis 
porque eu achava que podia confiar neles. 
Mas agora eu os olho 
e vejo apenas dois estranhos.

domingo, 28 de maio de 2017

sábado, 27 de maio de 2017

Dead Anon Poets Society

With nothing but a fake name,
in spite of shame,
I trust you my words
to the dignity of swords.

I have none and many a face
and serve the beautiful disgrace;
am I alive? Am I dead?
Only some know me; that's not bad.

Here we all feel welcome
to turn writing to another level
as memory of the old faith
in brotherhood - for Art's sake.

10/02/2017

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Lost echo

We are wild forests
whose darkness shelter
hearts which howl
without ever knowing
if the moon will hear them.

17/02/2017

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Contemplação

Vamos nos sentar
para ver poesia
em tudo aqui...

Em cada palavra,
em cada pincelada
a cor e
o nome que
nossos corações quiserem.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

27/02/2015

Minha solidão tem dois lados, lados diferentes; mas com tantas coisas em comum que é difícil saber qual deles me assusta mais.

É como uma moeda.

De um lado, esta solidão que as circunstâncias me impunham. Que a rotina constrói. Cada um tem a sua vida, seus problemas para resolver; muitas vezes o cansaço gerado pelos dias, que afeta a todos que estão envolvidos, impede que a saudade das ausências seja suprimida em presença.

Mesmo para os laços que são sabidamente verdadeiros. Às vezes acho que a solidão vai me enlouquecer, porque aqui, sozinha, entre minhas palavras e pensamentos, me pego questionando o inquestionável.

O outro lado, também ruim, é aquele que ponho sobre mim mesma. O isolamento involuntário guarda consigo o meu desânimo, a minha vontade de sumir. Não sei muito bem como lidar.

Eu só queria pegar minha solidão e dançar com ela.

terça-feira, 23 de maio de 2017

24/02/2015

Eu choro muito. Sempre fui assim, uma alma sensível e instável até demais. Esta talvez seja uma das minhas muitas características que tenho simplesmente que aceitar.

Choro quando estou feliz ou triste. Chorava quando criança quando cantava aquelas músicas românticas melosas de n interpretações durante as festas de Dia dos Pais e das Mães no colégio. Chorava quando ia aos médicos.

Choro de medo; choro de raiva, de decepção. De saudade. Chorava quando o Natal tinha sentido para mim; hoje quase choro porque este sentido não existe mais. Choro ou quase quando outro ano se vai.

Às vezes acho que vou envelhecer anos e anos numa única noite, só por chorar.

Choro de pensar que minhas palavras podem se perder por aí... Que a minha alma pode ser esquecida.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

14/02/2014

Quero ir embora daqui para ver as coisas de outro jeito
 e quem sabe poder respirar 
depois de todo esse tempo sufocada 
porque tenho medo de tudo.

domingo, 21 de maio de 2017

Façade

The fire I see in your eyes
burns like the touch of ice,
rendering me naked
in a lust you say it's the most sacred.

Through the lips of a liar
I taste myself;
the pull is powerful, sire,
as is the promise of your wealth.

5 de fevereiro de 2017

sábado, 20 de maio de 2017

Silver does not buy Heaven

You should thank me;
my kiss spilled your blood,
turning you into a new god -
would the fires take it as plea?

15/02/2017

sexta-feira, 19 de maio de 2017

The devil around my neck

You kiss it with such a hunger
like it would never get old;
your breath, which my pulse is under,
lies that my soul was sold.

5 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Perdition

The sunshine man
has led me on
through wax and sand
and promise of glory from the other world...

I am no angel, as it seems -
a god's kiss melted me
to the embrace of the salted streams
and the longing for what I would never see.

5 de fevereiro de 2017

quarta-feira, 17 de maio de 2017

The Night

How good must it feel
to remain a queen in your own right
even after your era is long gone...
Sons taking their father's place
for powers and kingdoms far scattered;
however, you hold such appeal
even the ruler of all the new
would not dare to seize your dark throne.

01/02/2017

terça-feira, 16 de maio de 2017

Close meaning

Child, do all you can
to never bow to anything
or any man
without your heart's wanting.

Surrender to what you may
or to what the tides force you to -
but the price they pay
must be the handling of the fire within you.

Never submit,
you are not to be tamed;
born a lioness of the pit
surrendered, but not ashamed.

30/01/2017

segunda-feira, 15 de maio de 2017

29/01/2017

Se esta dor
não estiver disposta
a morrer,
que pelo menos eu encontre
a paz para adormecê-la.

domingo, 14 de maio de 2017

Nunca submetida

Como é lindo enxergar a diferença entre submissão e rendição... Hoje eu percebo que mesmo nos meus momentos de maior fraqueza, quando achei que tudo estava perdido, jamais cheguei ao ponto de me submeter.

E é assim que eu espero que sempre seja - está na minha natureza, no meu coração humano, animal e feminino, ainda em chamas mesmo nos mais torturantes invernos.

Na verdade, tem sido assim a minha vida toda, em cada parte dela - eu me rendo às situações quando elas me obrigam pelas circunstâncias ou me apetecem, mas sem me submeter a nada nem ninguém.

Continuo querendo o que quero apesar de tudo e fazendo o que quero sempre que possível. A rendição voluntária ou não jamais há de mudar isso.

30/01/2017

sábado, 13 de maio de 2017

31/01/2017

As pessoas podem querer o melhor para mim,
mas quem decide o que é esse melhor 
sou eu e mais ninguém.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Ode to the scorpions

You are dangerous -
you remain hidden
but one sting only
and your prey is dead -
rather slowly.

As much as a lion
can step you to death,
you can bring it down -
in suffering.

Worry not, my darling,
you are a magnet,
you are dazzling -
your venom is way sweeter
than you might think.

Like Atroppa belladonna,
as deadly
as it is addictive...

May you remain this proud
of everything you are -
you might not see yourself as humble,
but you have indeed no clue
of how bright shines your star.

29/01/2017

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Consistory

We shall wear red satin and spill our blood for the cause as you honour us as Princes and Princesses of such graceful branch of the old cult...

We lie in perfect semicircle with our faces to the temple's cold floor breathing up the echoes of your invitation, perfumed and purified vows of sole ambition - hands always at the ready.

We bow heads and bend knees willingly as you rest on the seat you have built and where we all have gladly placed you.

You give us your hand - we kiss your holy ring and linger under your touch with eyes rendered in a state of awe and devotion among whispers of fingers that bleed.

Your blessing, Your Holiness, dare we ask?

28/01/2017

quarta-feira, 10 de maio de 2017

28/01/2017

É fácil não enxergar a dor 
que nossas ações causam 
por causa das boas intenções 
por trás delas.

terça-feira, 9 de maio de 2017

26/01/2017

Talvez o complicado não
sejam exatamente as
faces do amor, mesmo
sendo muitas,
e sim o que está
por trás dele.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Knights of eternity

Silver blade,
handle in red -
the weapon of my trade
hides its own bloodshed.

At the priestess service I leave it,
for a new face of the cause -
so that the muses and their wit
guide us to show our claws.

25/01/2017

domingo, 7 de maio de 2017

Doomed, but never impossible

Brother, who is to blame
for teaching us the game
where in order to survive
you advance and strike?

Who has taught us of devotion
that may as well turn into passion
once you play your cards right
and some give up the fight?

Who has told us that growing
was any lover to ease the pain
despite of us forever knowing
truth can never be slain?

Who has showed us the forbidden
by taking all else away
but the solace of the driven
easily put on display?

Who has made you, brother
to be like no other
in what by any way existed
for us just and pure, for them twisted?

24/01/2017

sábado, 6 de maio de 2017

16/01/2017

Nossas almas se escondem 
dentro de nossos olhos, 
nossos corações 
moram em 
nossos gestos e palavras; 
nosso encanto 
dentro de um sorriso.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

14/01/2017

Se eu pudesse dar um conselho para meu eu adolescente, embora eu me sinta a cada dia menos em posição de fazê-lo, seria algo como:

Confie em seus instintos mais do que nunca, mas saiba que até mesmo eles podem se enganar em algumas coisas.

Não fuja de suas paixões, daquilo que te faz feliz.

Jamais pense que o pico da tua vida é um namoro ou casamento e jamais viva em função de ninguém.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

At the risk

I cannot help but think
of your embrace as home
although an irredimediable mistake
might lock its doors forevermore.

22/01/2017

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Poet's language

Oh how you speak!
How you bend the world
to the mercy
of your tongue's sharp blade
which can either shape heavens
out of bear stone
and turn those slavish
into rulers
or slit throats
to dig up souls
in such graceful
single blows!

22/01/2017

terça-feira, 2 de maio de 2017

segunda-feira, 1 de maio de 2017

I want and I need

Some are pure
for they kill
out of need -
not to die.

I'm a sinner
for I kiss
out of want -
never a lie.

Would I perish
in hunger
weak, feverish
deaf by thunder
if we never touched?