sexta-feira, 5 de maio de 2017

14/01/2017

Se eu pudesse dar um conselho para meu eu adolescente, embora eu me sinta a cada dia menos em posição de fazê-lo, seria algo como:

Confie em seus instintos mais do que nunca, mas saiba que até mesmo eles podem se enganar em algumas coisas.

Não fuja de suas paixões, daquilo que te faz feliz.

Jamais pense que o pico da tua vida é um namoro ou casamento e jamais viva em função de ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!