terça-feira, 31 de agosto de 2010

NOS MEUS BRAÇOS


Pra dizer a verdade
Nem acredito que você está aqui nos meus braços
Se é um sonho, não me acorde
Desejo apenas memorizar seus traços.
Não fique assustada
Jamais contarei nossos segredos
Pois a verdadeira paz está guardada
Superando os velhos medos
Noite quente
Noite de chuva
Ninguém duvidará da gente
Pois nos completamos como a mão e a luva.
Olhar nos seus olhos me dá muita certeza
Do amor que eu sempre quis sentir
Todos os dias me encanta sua beleza
Que bom que você me ama, nunca te deixarei ir.

domingo, 29 de agosto de 2010

MULHER DE VERDADE


Se você quer
Uma mulher de verdade
Precisa ser atrevido,
Arriscar fazer o mprovável.
As melhores frutas
De uma árvore
Estão no topo de seus galhos...
Mulher de verdade
Luta pelo que quer
Gosta da liberdade
Mas também sonha um presente receber.
Mulher de verdade
Espera pelo homem certo
Mesmo que não seja perfeito
Pois só ele terá a coragem
De chegar ao topo da árvore
E ter o melhor
Sem medo de se machucar.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

CARINHOS


Olhos nos olhos
Confiança de barganha
Sorriso aberto...
Mão delicada estendida
Faz carinho sem medo
A pele arrepia
Entrega-se aos poucos o coração
Num beijo doce de amor.
Um corpo molda-se a outro corpo
Devagar no abraço quente
Os dedos se juntam,
As palavras escorrem aos ouvidos
Suor não repele ninguém
Hálito frio leva pro céu!
Rosto conhece rosto
Silêncio entende o que não conhecemos
Porque eu sou tua
E você é meu.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

LAÇO DE FITA


O laço de fita que encontrei
Caído no chão
Me trouxe teu perfume,
E assim me lembrei
Do rosto lindo que vi
Mesmo sem saber seu nome.
Passei a imaginar quem seria
A dona do laço de fita
Que pende negro e sozinho
Sobre aqueles cabelos
Que tanto imaginei tocar,
O laço de fita que prendia
Aqueles cabelos
São poesia e beleza
Na alvorada
Do destino.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

SONO

Meu amigo
Dorme
Dorme teu sono tranquilo
Apaga a luz dos teus olhos
Que para um novo dia
Estarei à tua espera...
Sonha o sonho mais bonito
Porque mesmo que eu não esteja presente
Me felicita ver teu sorriso.
Dorme, meu anjo
No conforto de onde moras
Que em pensamento vou estar
Do seu lado
Pra te dedicar um carinho...
Dorme
Que Deus vai te cuidar
A cada segundo.

sábado, 21 de agosto de 2010

HORAS IGUAIS


Em milhares de lembranças me perco
Diariamente confusa
Quando sinto que está se fechando o cerco
Um sorriso teu me torna menos obtusa.
O destino te colocou no meu caminho de repente
E me sinto protegida ao teu lado
Não desejo que o tempo separe a gente
Desfazendo o que já me foi conquistado.
Nenhuma outra pessoa
Me faz me sentir dessa maneira
Me traz muita coisa boa
E a tristeza se torna besteira.
As horas e dias têm sido iguais
Mas a tua presença levanta meu astral
Saudade e tristeza não me deixam em paz
Porém ao teu lado tudo parece natural.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

ATRAVÉS DA POESIA


Tenho tantas coisas pra te dizer...
Não quero parecer chata
Mas o medo de te perder
Aumenta a cada dia.
Tu sabes que a escrita me faz bem
Então prefiro que leias minhas palavras
Para que nada seja omitido
E eu me sinta mais tranquila.
Quando estou por perto
As palavras somem sem penas, assim
Procuro aproveitar cada momento
Até que eu possa te confessar o que sinto
Através da poesia...
Que bom que gostas dos meus versos singelos!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

VERDADES OCULTAS


"A justiça deveria ser cega
Para ser justa,
Mas nunca deveria deixar
De ter coração."
A verdadeira solidariedade
Vem do amor,
E o mundo é um lugar estranho
Onde verdade e mentira
São uma coisa só.
O lado bom da vida
São as coisas simples
E quando estamos sonhando
O céu é o limite.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

SOB MINHA PELE


Sob minha pele
Corre o sangue do meu corpo
O ar que me faz respirar
Permanece o carinho que você me fez.
Sob minha pele
Estão as lembranças que te trazem pra perto de mim
Cada palavra da velha poesia
Aquele sentimento que escondi até de mim mesma.
Sob minha pele
Vive a partitura da nossa canção
O grito que calei a vida toda
A desculpa que não desejo dar.
Sob minha pele,
A certeza de que não vou regredir
Que estou perto do limite
De ser feliz.
Sob minha pele
A força silenciosa de nossa amizade
O coração de tudo
O que me faz bem.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

SEM PALAVRAS


É difícil ficar sem palavras
Mesmo que o silêncio seja importante...
Porém das coisas da vida
Surgem os parágrafos, estrofes.
Tropecei em muitas pedras,
Mas em meu caminho também encontrei
Belas flores;
Daí nasceram meus versos
Pois tudo é muito efêmero.
Estou sem palavras
Mas nem por isso
Abro mão da boa poesia
De cada dia.
Tento encontrar palavras
Para te dizer o que preciso,
Sei que elas me acompanharão sempre.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

FRAGILIDADE


Meu coração é de vidro
Já se machucou demais
Da tristeza nasce a rima do mármore esculpido
Não consigo encontrar a paz.
Tenho medo de que um dia esse vidro seja quebrado
Pois tem muitas rachaduras
Mas é sempre bom estar ao seu lado
Onde esqueço as maiores lamúrias.
Meu coração é frágil...
Cuida de mim, meu anjo
Tem o desejo de se tornar estável
Pela felicidade que não esbanjo.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

MEMÓRIAS


Hoje para mim
É a véspera de outro dia qualquer
Porque o significado desta data morreu
Tenho memória, tenho coração.
Perdo meu pai há muito tempo
Há um estranho em minha casa
E somente um milagroso arrependimento
Poderia trazê-lo de volta
Através do meu perdão.
Mas por enquanto a indiferença
Continuará a preencher as horas vazias
E espero pelo que precisei a vida toda.
Tanto faz,
Realmente não ter alguém pra cumprimentar
Hoje em alguns casos
Não é culpa de ninguém.

domingo, 8 de agosto de 2010

PROMESSA

Sei que mereço ter
E no dia certo
O destino vai me conceder.
Por favor, nunca esqueça
Que me fez uma promessa...
Terá toda a minha gratidão
Pois a cada dia que passa
Tenho mais certeza de que não há mais nada
Que possa me fazer assim,
Feliz ao teu lado, realizada.
Já faz muito tempo
Que te entreguei meu coração
Cuidando sempre muito bem
Na amizade mais sincera que existe
E me ensinaste a ser feliz nas coisas mais simples
Tendo de volta a valiosa inspiração
Por cada amanhecer que ressurge em teus olhos.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

GUERRA


As pessoas estão em perigo
Qualquer um, os bons e maus
Por causa da guerra
Todos estão sofrendo
Do civil à vítma
Por causa da guerra;
O momento da verdade, de mentir, viver, morrer
E principalmente lutar por todos os lados
Talvez até a morte
Em busca de um mundo novo.
O líder, o mentiroso, o honesto, o pária...
Até o Messias
Corre grande perigo!
Não há começo, nem fim
Terra ou estrelas, dia ou escuro, nem
Guerra nem paz, apenas nossos corações.
Não há sol antes de nós partirmos
Porque tudo acabou
E o que vale é quem somos.
Não há Satanás ou Deus
Porque o maior Deus
Está dentro de nós.