sábado, 21 de agosto de 2010

HORAS IGUAIS


Em milhares de lembranças me perco
Diariamente confusa
Quando sinto que está se fechando o cerco
Um sorriso teu me torna menos obtusa.
O destino te colocou no meu caminho de repente
E me sinto protegida ao teu lado
Não desejo que o tempo separe a gente
Desfazendo o que já me foi conquistado.
Nenhuma outra pessoa
Me faz me sentir dessa maneira
Me traz muita coisa boa
E a tristeza se torna besteira.
As horas e dias têm sido iguais
Mas a tua presença levanta meu astral
Saudade e tristeza não me deixam em paz
Porém ao teu lado tudo parece natural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!