sexta-feira, 13 de agosto de 2010

SEM PALAVRAS


É difícil ficar sem palavras
Mesmo que o silêncio seja importante...
Porém das coisas da vida
Surgem os parágrafos, estrofes.
Tropecei em muitas pedras,
Mas em meu caminho também encontrei
Belas flores;
Daí nasceram meus versos
Pois tudo é muito efêmero.
Estou sem palavras
Mas nem por isso
Abro mão da boa poesia
De cada dia.
Tento encontrar palavras
Para te dizer o que preciso,
Sei que elas me acompanharão sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!