quarta-feira, 24 de março de 2010

NEUROSE


O silêncio nunca vai me perdoar
Porque eu disse que te amava...
Nada disso adiantou.
Agora sou vítima de minhas palavras
E de minha consciência.
Não cheguei a nenhuma conclusão
Quando procurei entender a minha vida,
Então o tempo esfregou na minha cara
Que eu não posso ter você!
Tenho que me acostumar porque
A vida é assim,
O sol irá brilhar depois da chuva.
Aqui neste quarto
Ou em qualquer outro lugar
Eu ainda te espero
No resto dos nossos dias
Que nunca vão chegar.
Pena que eu só posso te ver e tocar
Dentro do meu coração,
Nos problemas que não têm solução
Como resultado.

Um comentário:

  1. Como ainda pode ver e toca-lo graças aos sentimentos guardados em seu coração (Persona) então enquanto ele bater haver um fio de esperança ou que sabes ate mesmo apos ele não mais funcionar e exatamente ai que as coisas tomaram seu devido lugar.



    OMNIA VINCIT!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!