quinta-feira, 23 de setembro de 2010

AVENIDA DOS SONHOS QUEBRADOS

Caminho sozinho por entre as ruas
Onde se quebram meus sonhos
De um setembro que não termina
Mas a primavera surge.
A cidade dorme
Porém não posso lhes impedir
De estar onde não estou
Mesmo que talvez este andar seja solitário
E inutilmente prazeroso.
A minha sombra me acompanha
E meu coração bate tristemente
Espero encontrar alguém
Mesmo não sabendo quem poderia ser
Não sei onde a rua me leva
Continuo andando sozinho...

Um comentário:

  1. Esse poema é sobre a musica Boulevard of Broken Dreams do Green Day

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!