terça-feira, 18 de maio de 2010

PIMENTA NA BOCA


O sabor que sinto
Não é nem um pouco amargo
É suave como vinho tinto
Interessante como aspargo.
Um beijo teu
Me traz a linda sensação
De estar tocando uma nuvem do céu
Calor intenso no coração
Não me deixa sozinha ao léu.
A pimenta
Na tua boca reflete
Palavras onde apascenta
Segredos que nunca se esquece.
Vem, deita no meu colo
Aproveita pra desabafar
Se quiser, me deixa no solo
Ensina-me a te amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!