sábado, 15 de maio de 2010

SER HUMANO


Sou um ser humano,
O único que sabe raciocinar.
Tenho polegar opositor,
E cérebro altamente desenvolvido.
Não nego o que aprendicom meus ancestrais,
Ando ereto; domino o fogo e os metais,
Mas não mato semelhante apenas por fome.
Outros iguais a mim,
Não sabem perdoar, relevar
E não conhecem os limites.
A fome e a guerra fizeram surgir
A chuva de sangue
Por qualquer motivo...
E a igualdade desapareceu.
Busco a própria satisfação
Deixando todo o zelo para trás.
Fazer o que? Sou um ser humano!
Fraco e quase onipotente,
Meu próprio lobo...
Tenho pena dos seres humanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!