quarta-feira, 9 de junho de 2010

ONCE UPON A TIME


Era uma vez
Uma pessoa iludida
Que achava que tudo era perfeito
E que não haveria mudança
Em nada à sua volta...
Era uma vez
Aquela menina que já tinha crescido
Sendo impossível voltar no tempo
Cuja vida mudou completamente
Num confronto duro com a realidade.
Era uma vez
Um rosto preenchido de lágrimas
Que vive em busca de verdadeiros sorrisos
Por causa da ilusão e mentira
Em volta de sua própria casa...
Era uma vez
A mão que escreve sem preocupação
Que espera pela realização do desejo aflito
De tocar um compreensivo rosto
Que tem estado em sonhos frequentes.
Era uma vez
Uma alma bastante sofrida
Desejosa que o tempo passe logo
A mentira se dissipe como fumaça
E tudo acabe na paz de um certo abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!