terça-feira, 26 de outubro de 2010

O SILÊNCIO DAS PALAVRAS

Antes do nascer de meus versos
Minhas palavras surgem
Da contemplação de silêncios.
Convivo com a poesia
Que há em cada silêncio
Cada situação humana da vida
Experimentada e sentida.
Para que só assim
Eu possa preenchê-la com palavras.
Muitas vezes
Me lembro de tantas coisas não ditas
Que ainda são apenas silêncio,
Palavras tantas
Que nem o silêncio consegue
Transformar em poesia plena...
A beleza das tristezas
A intriga da morte
A simplicidade do amor
A luz de um sorriso
O conforto de um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!