terça-feira, 27 de julho de 2010

INFERNO


Você fecha a porta e eu
Espero por respostas,
Já que eu tentei te fazer feliz
E você não me deu valor.
Não se sente mais segura
Em meus braços,
Meu corpo não é o velho abrigo que você tinha antes.
Se você não me quer mais
A culpa não é minha
Só mais uma desculpa
Para o que já acabou...
Quando cheguei ao céu de estar
Ao seu lado
Me mostraram o inferno
De pagar o seu preço,
Agora tenho o seu destino...
Se eu sair do seu caminho
Posso ficar sozinho pra sempre
Meu egoísmo não te merece
Por isso sofremos tanto.

Um comentário:

  1. eita sofrimento...

    mas é o sofrimento q faz emergir as mais sentidas palavras... e as tornam poesias... parabens

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!