terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

MILONGA


Trago comigo lembranças vagas
Do seu rosto,
Que não são destruídas pelas traças,
E ainda conseguem me trazer seu gosto.
São breves instantes
Para mim cheios de paz
Tudo volta a ser como antes
Mesmo que eu não possa voltar atrás.
Por muito tempo tem me consumido
Esse amor...
Juro que não queria ter partido
Sem poder dizer adeus à minha flor.
Desculpe por estas simples linhas,
Mas queria muito expressar minha saudade
Espero que acredite nas palavras minhas
Intensificando minha fidelidade.

Um comentário:

  1. Aahh, a Saudade!
    Que sentimento tão belo e por vezes tenebroso...Mas é fato [e óvbio] que sentimos saudades só de quem amamos ou de quem deixou um pedaço de si em nós.

    Por isso é bom sentir saudade, relembrar de quem, outrora nos foi tão importante!

    Bjos bjos =*

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!