terça-feira, 7 de julho de 2009

PARA MIGUEL


Miguel
Nome de anjo, inocência de criança
Homem que sonhava mudar o mundo
Que acreditava que éramos o mundo...
Criança eterna, de infância perdida
Gostava de ajudar as pessoas
E ver todos sorrindo.
Jamais vai ser esquecido
Por sua energia, caridade e talento,
Tamanha influência que provocou em todo o mundo...
Menino que não queria crescer,
Mas que entrou em choque
Com sua própria realidade,
Perdido nas tantas faces que teve
Procurando esconder-se em sua Terra Do Nunca!
Uma pessoa triste
Que admirava as crianças
E que apenas queria ser feliz...
Lutava contra o preconceito,
Desejava que todos fôssemos
Apenas uma voz
Sem nenhuma distinção
E curarmos o mundo...
Ele sabe
Que para sempre será
O eterno rei
Uma estrela que nunca deixará
De brilhar,
Que sua voz inesquecível
Continuará a ecoar
E as palavras de suas canções
Ainda estarão em todas as mentes,
E mesmo aqueles que não o conhecem
Saberão de seu absurdo talento e criatividade.
Miguel
Você estará sempre conosco,
Mesmo partindo cedo!
Você é o rei
E todos lhe adoramos
E gostaríamos de lhe agradecer:
Obrigado por tudo, Miguel!
Obrigado pelo amor que você deu a todos seus admiradores!
Sempre tentaremos seguir seus passos
E você morará em nossos corações.
Você não está sozinho...
Por isso, não se preocupe,
Descanse em paz.

2 comentários:

  1. Lindo poema *.*
    Rei, sempre!

    Li alguns posts anteriores e tbm gostei ^^
    Volratei!
    E obrigada por seguir o Expressão!

    Bjoks

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!