quinta-feira, 16 de julho de 2009

FORA DAS SOMBRAS


Olho para meu reflexo no lago
E já não me reconheço mais.
Às vezes parece que a minha alma está ali
Estou sofrendo muito aqui
Não aguento mais ficar assim
Sinto que minha vida entrou
Numa espécie de coma
Me vejo sangrando por dentro
Escrevo palavras soltas
Fora das sombras!

Um comentário:

  1. Oiii querida!Pois é,estou voltando agora.
    Nossa,minha vida está uma loucura completa!!Faculdade,trabalho,curso...enfim,fiquei totalmente sem tempo de postar no blog!
    Mas eu sempre acompanho teus poemas,tu sabes que eu adoro!!!
    Aqui está lindo,como sempre!!
    Beijosss e bom fim de semana!!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!