Páginas

domingo, 22 de fevereiro de 2009

JOVEM INJUSTIÇA


Oh, como me consome esta jovem injustiça!
Que alguns chamam de preguiça
Me encontro agora neste eterno abandono
Como um rei que perde o seu trono
Não sei onde posso encontrar um novo amor
Igual a você, que me deu conforto e calor...
Sei que sou bastante jovem
Mas sei o que as pessoas precisam e querem
Apenas encontrar o verdadeiro amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!