domingo, 22 de fevereiro de 2009

JOVEM INJUSTIÇA


Oh, como me consome esta jovem injustiça!
Que alguns chamam de preguiça
Me encontro agora neste eterno abandono
Como um rei que perde o seu trono
Não sei onde posso encontrar um novo amor
Igual a você, que me deu conforto e calor...
Sei que sou bastante jovem
Mas sei o que as pessoas precisam e querem
Apenas encontrar o verdadeiro amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!