terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

CADERNOS DE SENTIMENTOS


Em meus cadernos eu escrevo
O que me dá vontade
Pra eles nunca minto
Quase sempre falo aquilo que sinto
Falo também sobre meus acontecimentos
E aquilo que aflige meus pensamentos
Também escrevo sobre o que gosto
Até mesmo a alegria que está no meu rosto
Escrevo sobre o amor também
O que penso ou sinto por alguém
Talvez sobre um rapaz bonito
Ou versos que repito
Como os que escrevo
Através da minha imaginação
Descrevo meu frágil coração
Que guarda palavras
Que voam no vento
Até mesmo sobre coisas que invento
Gosto muito de meus cadernos
Que guardam em suas páginas
Por quse todos os momentos
Meus mais puros sentimentos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!