segunda-feira, 7 de setembro de 2015

E se tudo o que restar de mim, mesmo 
enquanto estou viva, 
forem minhas palavras?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!