domingo, 4 de janeiro de 2009

MAGOADA


Estou magoada
Minha vida está toda errada
Quero mudar de vida
Apenas ser ouvida
Quem devia me entender, não entende
Não faz ideia do que se passa em minha mente
Por isso só me resta chorar
Ninguém ouve o que eu tenho pra falar
Meu coração está apertado
Às vezes só na poesia
Encontro minha alegria
Tenho tantas coisas pra dizer
Mas quem devia ouvir não quer saber
Me sinto muito sozinha
E às vezes perco a minha linha
A vida é curta e eu não tô de bobeira
Eu quero é zoeira
Minha vida é um inferno
Assim como meu coração, ela tem o fogo que me aquece
No inverno
Preciso de um abraço
Não quero me queimar no mormaço
Minha cabeça está rodando
Em muitos pensamentos vou viajando
Sinto saudade do meu amor
Por isso sinto muita dor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!