quarta-feira, 18 de maio de 2016

25/02/2016

É triste perceber que algumas partes de mim estão simplesmente morrendo. Primeiro eu perdi minha fé. E agora parece que minha capacidade até de acreditar no amor, de certa forma.

Porque o fato de eu ver pena nos olhos da maioria das pessoas ultimamente e ter sentido como se uma parte de mim não conseguisse conceber o fato de que ele me ama como eu o amo (como se isso só devesse acontecer em meus devaneios) só pode ser um indicativo de que há algo errado.

Eu não quero ser assim. Quero amar e ser amada como todo mundo. Quero acreditar que viverei outros tipos de amor com plenitude, como ele deseja para mim. Quero poder andar por aí e enxergá-lo nas pessoas e nas coisas. Saber aproveitá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!