quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Certas coisas
simplesmente são o
que são.
Não precisam de um
nome que as
defina.
Do contrário, as limitaríamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!