sábado, 8 de agosto de 2015

Achei que ele nunca me faria chorar.
Até que aconteceu...
Chorei de raiva de mim
mesma por acreditar nele. Por ter
deixado que isso acontecesse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!