quarta-feira, 15 de junho de 2016

Zona de conforto

A vida que eu quero viver está me cobrando pra que eu junte meus pedaços, todos espalhados por aí… Por muito tempo, apesar de saber o que sempre me perturbou, vivi em passividade. Condicionada a ser e agir do modo ao qual fui moldada. Agora eu tenho a chance de realmente fazer alguma coisa…

Mas será que eu vou ter forças para quebrar esse ciclo? Será que vou conseguir deixar de ser o que as circunstâncias fizeram de mim? Às vezes acho que estou de barriga cheia, mas de que adianta se não me sinto à vontade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!