domingo, 19 de junho de 2016

Ao mestre que se foi

Na verdade, a vida é cheia de pequenas mortes, chegadas e partidas. Cheia de surpresas e novidades, que sempre acontecem na hora certa.
Pessoas novas chegam e passam a fazer parte de nossas vidas, fazendo diferença pela nova visão de mundo que nos proporcionam. Aprendemos muitas coisas com algumas delas, e acabamos nutrindo muito afeto e carinho por elas, apesar do pouco tempo que permanecemos juntos.
Já que as situações não acontecem por acaso, que sejas feliz onde estiveres. Foi bom ter te conhecido; ainda nos veremos de novo, graças ao laço que criamos contigo.
Não é um adeus, e sim um até logo.
Letícia Bolzon Silva

Para Pedro Duarte, autor do blog O Provinciano
14/07/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!