sábado, 9 de janeiro de 2010

PARAMORE


Tenho me sentido um lixo
Meu coração está em pedaços
E a chuva cai sem cessar.
Olhos inchados padecem em tristeza
Durante a madrugada que não termina.
Versos mortos surgem em minha mente
Como folhas secas da árvore milenar
Acompanhada de minha mórbida solidão
Que solidificou minha alma...
Nada mais me cativa
A não ser as negras rosas que florescem
No horizonte!
Com sua beleza incomparável
Me mostram que não sou apenas eu
Que possuo um lado negro
Por diversos motivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!