quinta-feira, 26 de março de 2009

SONETO VAZIO


Estou tentando escrever um soneto
Mas ainda é tudo vazio
Seco e frio
Palavras talvez escondidas num lugar secreto
Preciso completar
Esse vazio que me consome
Na ânsia de amar
Sem nenhuma certeza ou nome
Tento não me perder na escuridão
Encher minha vida de bons momentos
Acalmar o coração
Sem tristezas ou lamentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!