quarta-feira, 4 de março de 2009

CARTA DE AMOR


Essa carta de amor
Serve pra desabrochar meus sentimentos
Como posso fazer como uma flor
Uma carta de amor
Não serve só pra dar informação
E dizer como está a situação
Mas para que duas mão separadas se toquem
Do amor se lembrem
E principalmente se emocionem
Pra lembrar de palavras que foram escritas
Que muitas vezes nunca foram ditas
Por muito tempo ficaram perdidas
Essa carta tem tudo o que por você eu poderia sentir
Porque pra você eu não consigo mentir
De todas as palavras de todas as línguas
Apenas duas resumem o que eu sinto por você
Te amo, apenas te amo
Quero que saiba
Que não quero te perder
E nem esquecer o que eu sinto por você
São pensamentos soltos traduzidos em palavras
Que muitas vezes eu não consigo entender
Muitas vezes não se consegue explicar
Direito o que é amar

2 comentários:

  1. Leela seu texto esta mais que demais...muito bom msmo!!!

    "minhas palavras se perdem...enquanto escrevo minhas mãos vacilam...minha alma clama...e meu coração se derrama...um verso e outro...uma canção na cabeça...uma carta em mãos...ficarei aqui parada olhando ao longe...enquanto mais um suspiro toma conta de mim...e todo este sonho escrito guardo dentro de mais uma gaveta"

    ResponderExcluir

Obrigada pelo feedback!