sexta-feira, 7 de julho de 2017

O sol

O único que agora sei
é tu seres como o sol
cujos raios entram pelo paiol
do coração que te entreguei.

Um em que o amor se deita
para tua luz contemplar
e fazendo dali um lar,
em tal calor se deleita.

Tu sendo prisma de fogo,
fonte desta minha nova vida
que arde mas não queima

anseiando por ser vivida
até que em seu prólogo,
mesmo então, em te amar teima.

19/04/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!