domingo, 21 de junho de 2015

Talvez a parte mais bonita e interessante de estar apaixonado 
por alguém seja o quão bobo a gente fica, 
as pequenas besteiras que fazemos por amor
e das quais rimos com o tempo. Do quanto as coisas passam
 a ter uma beleza peculiar, um sentido. 
Do quanto a gente passa a acreditar no impossível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!