domingo, 11 de abril de 2010

SAUDADE


Sinto saudades de coisas que nunca vi
E não sei se devo acreditar
Minha sina tem sido esperar ela surgir,
Poesia que me ajuda a algo revelar.
Saudade é uma palavra muito bonita
E faz parte de cada um de nós sentí-la
Nunca vai poder ser esquecida
Como o brilho de uma pequena estrela.
Não tenho vergonha de sentir saudade
E jamais escondi minhas fraquezas
Que são reveladas quando escrevo.
Certas coisas acontecem com facilidade
Tudo depende de alguma esperteza
Ou de algo que simplesmente relevo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!