terça-feira, 13 de junho de 2017

18/09/2015

Não tenho o vocabulário grande e diversificado de um acadêmico ou letrista. Mas me me viro bem com o que sei; talvez porque independentemente disso, as palavras continuam sendo poderosas.

Palavras podem não ter o poder de mudar o mundo, mas é através delas que eu o torno mais fácil de entender e depois, mudá-lo. Os sentimentos são uma coisa tão louca e complexa, e ao mesmo tempo tão singelas, por serem o que são e isso bastar...

Tentar deixar algo tão profundo, tão mutável, tão sensível, e no entanto, tão real, como um substantivo aparentemente definível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!