domingo, 24 de julho de 2011

MARCADA

Fui há algum tempo
Marcada pra uma nova vida
Escolhida
E não posso voltar atrás.
Minha casa não é mais minha
Porque ninguém aceita minha condição
Então vou embora daqui
Conhecer meus desejos novos
Dos quais tenho medo
Em meio ao sangue
A natureza
O poder
E o sangue
Que no fundo
Me dá prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo feedback!