quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Sentir-se normal, para pessoas como eu, não é só ter uma carreira
e ter os mesmos objetivos que os outros. É fazer de modo geral
 o que todo mundo faz, 
com independência e a consciência do livre arbítrio. Até para coisas bem simples.

Um comentário:

Obrigada pelo feedback!